22°
Máx
14°
Min

A quebra de safra 2016/17 mostra o efeito sobre os preços

A CONAB divulgou o décimo levantamento da safra de grãos 2015/16, que captou pela primeira vez todos os efeitos do clima adverso sobre a produção, da seca, do excesso de chuvas e das geadas ocorridas até junho deste ano.

As previsões de produções do arroz, do feijão, do milho e da soja foram afetadas significativamente e ficaram abaixo dos números referentes a safra 2014/15 e da primeira previsão divulgada para a safra 2015/16.

São as quebras das safras do arroz e do feijão que explicam a significativa evolução dos preços recebidos pelos produtores paranaenses dos dois produtos, e também, logicamente, dos preços pagos pelos consumidores.

Nos casos do milho e da soja, além da quebra da safra brasileira e sul americana, contribuíram para a elevação dos preços o aumento da taxa de câmbio no Brasil e o significativo desempenho das exportações dos dois produtos em 2015 e neste ano.  

Ressalta-se que os preços médios recebidos em junho pelos produtores paranaenses da soja e do milho foram menores do que aqueles recebidos em maio. Isto é o reflexo da recente queda das cotações internacionais das duas commodities, decorrentes do aumento da área cultivada nos EUA, na safra 2016/17, das duas culturas, das condições muito favoráveis do clima até o presente momento e da redução da taxa de câmbio no Brasil para o intervalo R$ 3,20 a R$ 3,40.

Mas o aumento dos preços tem um efeito positivo importante: é o mais poderoso sinal para que os produtores aumentem a área cultivada e a produção destes produtos na safra 2016/17, cujo plantio no Paraná iniciará em setembro.

Produto
Safra 14/15 em milhões t
1º levantamento da safra 2015/16 em milhões t
Ultimo levantamento da safra 2015/16 em milhões t
Preço médio ao produtor do PR em 2015, em R$ /saca
Preço médio ao produtor do PR em junho/16, em R$/saca
Variação % de 2015 a junho/16
Arroz
12,44
11,73
10,47
49,55
61,22
23,6
Feijão
3,12
3,27
2,70
Cor: 126,56
Preto: 103,25
Cor: 378,13
Preto: 193,22
Cor: 198,8
Preto: 71,5
Milho
84,67
81,91
69,14
21,68
38,73
78,6
Soja
96,23
102,0
95,57
61,50
80,96
31,6
Total
207,67
210,76
189,51