22°
Máx
17°
Min

Feijão, milho e soja com preços em queda

O avanço da colheita da segunda safra de milho, para 15% a 20% da área no Paraná e 25% a 30% no Mato Grosso, está derrubando os preços de mercado do milho, aos produtores e no atacado. Aos produtores, nos últimos 8 dias, caíram de R$ 42,00 para R$ 35,00 a saca e a tendência de curto prazo é a continuidade desta queda da paridade da importação para a paridade da exportação. No disponível em Paranaguá, o preço da saca está em R$ 35,5 a R$ 36,00 a saca.

Também está contribuindo para esta queda a redução da taxa de câmbio, que já atingiu R$ 3,33.

Os preços recebidos pelos produtores paranaenses de soja caíram menos, de R$ 85,00 para R$ 81,00 a saca, como resultado da combinação das cotações internacionais, do prêmio e da taxa de câmbio.

O preço médio de venda do feijão de cor pelos produtores paranaenses, em 5 dias, caiu de R$ 415,00 para R$ 386,00 a saca. É o efeito da queda do consumo em função da substituição do produto no cardápio dos brasileiros.

Em 28 de junho de 2016