26°
Máx
19°
Min

Números da pecuária paranaense em 2015

- Números da pecuária paranaense em 2015

O levantamento da pecuária municipal referente ao ano de 2015 e efetuado pelo IBGE mostrou a significativa representatividade do Paraná no rebanho e na produção pecuária brasileira.

O Paraná tem o décimo rebanho bovino com 9,315 milhões de cabeças e representa 4,3% do total nacional de 215,199 milhões de cabeças.   

É o primeiro no rebanho suíno, com 7,134 milhões de cabeças ou 17,7% do total nacional de 40,333 milhões.

Também é o primeiro no rebanho de galináceos, com 324,034 milhões de cabeças ou 24,3% do total de 1,322 bilhões de cabeças.

O Estado abriga o 7º rebanho ovino (614.749 cabeças), o 8º rebanho de bubalinos (27.890 cabeças) e de caprinos (151.115 cabeças) e o 9º de equinos ou 300.781 cabeças.

É o segundo produtor de leite com 13,3% do total, ou 4,66 bilhões de litros do total nacional de 35,0 bilhões.

É o segundo produtor de ovos, com 360,599 milhões de dúzias ou 9,6% do total nacional de 3,769 bilhões de dúzias.

É o primeiro produtor de mel com 6.287 toneladas, ou 16,6% da produção brasileira de 37.816 toneladas.

É também o primeiro produtor de casulo de seda, com 2.496 toneladas ou 83% da produção brasileira de 3.066 toneladas.

É ainda o segundo produtor de peixes com 69.264 toneladas, ou 14,3% do total nacional de 483.241 toneladas.

A organização das cadeias de produção; a disponibilidade de insumos, principalmente de alimentos; o domínio da tecnologia de processo pelos produtores; os programas de governo nas áreas de crédito, pesquisa, assistência técnica, defesa sanitária e outros, os investimentos em agroindústrias agregadoras de valor; os adequados sistemas de distribuição e a proximidade do porto explicam a significativa participação do Estado no rebanho e na produção pecuária do Brasil.