27°
Máx
13°
Min

Presidente mundial da Renault vai anunciar novos modelos e novos motores fabricados no Paraná

Mesmo com a crise no setor automotivo ainda continuando muito forte, as fabricantes estão procurando investir em novos modelos para quando o mercado melhorar.

A Renault, que tem fábrica em São José dos Pinhais, é a que está enfrentando esta crise obtendo resultados significativos. O seu hatch compacto Sandero foi o terceiro modelo mais vendido no Brasil no mês de junho e ela prepara novos lançamentos ainda para este ano.

O presidente mundial da Renault, o brasileiro Carlos Ghosn, estará em Curitiba no próximo dia 2 de agosto para fazer uma série de anúncios. Entre eles, deverá anunciar o lançamento em breve do compacto Kwid, que já está sendo fabricado e também do SUV médio Captur, com produção local. Carlos Ghosn também vai informar o início da vendas do SUV de luxo Koleos, que será importado para o Brasil muito em breve. Todos estes modelos estarão no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro próximo.

Outra novidade do Grupo Renault para o Brasil é a produção de uma nova família de motores. Primeiro chegará o novo 1.0 três cilindros e começará equipando Longan e Sandero e será o motor para todas as versões do novo Kwid. O outro motor é um novo 1.6 de tecnologia moderna, que deverá chegar mais no final do anoi.

E para solidificar ainda mais a aliança Renault/Nissan, a marca japonesa que produz os seus carros no Rio de Janeiro, passará a utilizar estes novos motores que serão fabricados pela Renault no Paraná.

Carros e Motores fez um test-drive completo no Renault Koleos na pista de provas da Renault na França e também em rodovias daquele país. Em breve estará aqui no Massa News.

Por enquanto, fique com um vídeo de Carros e Motores já com muitos detalhes do novo SUV topo de linha que a Renault importará para o Brasil.

Veja o vídeo