21°
Máx
17°
Min

Comissão parlamentar para acompanhar operação Pecúlio é instalada

Não foi preciso - O vereador Dilto Vitorassi (PV), tinha pressa para abrir a CPI que vai acompanhar a operação Pecúlio. Chegou a propor a possibilidade de ampliar de cinco para seis o número de comissões simultâneas na Casa. Não precisou. Uma foi encerrada. As primeiras reuniões já foram programadas.

Repactuação - O movimento reduzido de homens e máquinas nas obras de duplicação da Avenida Felipe Wandscheer preocupa moradores e comerciantes da região. Ontem a prefeitura explicou que se trata de uma repactuação do projeto com a Caixa Econômica Federal. Não teria, portanto, relação com as suspeitas de paralisação da obra.   

Nota de repúdio - A Unila emitiu nota repudiando a violência ocorrida contra o estudante haitiano, Getho Mondesi, agredido supostamente por questões de racismo e de xenofobia no centro de Foz do Iguaçu. O estudante registrou boletim de ocorrência por agressão. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil.

Não é fato isolado - O  Pró-reitor de Relações Internacionais, Luis Evelio Acevedo, disse em entrevista, que o preconceito relacionado a alunos estrangeiros da Unila não é um fato isolado.

Unila mobilizada -  A Unila promove atividades internas com a comunidade acadêmica. Serão formados grupos de debate, promovidas rodas de conversa e, também, atividades referentes às homenagens ao Haiti. Nesta quarta-feira (18) é comemorada a Bandeira Haitiana.

Diversidade - O documento emitido pela instituição destaca, ainda, que “Foz do Iguaçu, que é uma cidade que se orgulha de receber grupos de diversas etnias e culturas, não merece um ato desta natureza.”

Obra irregular - O promotor Luiz Marcelo Mafra fez visita surpresa às obras do Pronto Atendimento do Morumbi. Não gostou do que viu. Apontou irregularidades na obra iniciada a toque de caixa. Pediu providências.    

Falta de insumos - O vereador Gessani da Silva (PP) aprovou requerimento pedindo informações sobre os gastos da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas e do Pronto Atendimento do Morumbi. Faltam insumos básicos nas duas unidades de saúde. O secretário de Saúde, Gilber Trindade, negou a denuncia.

Não é mais urgente -  O vereador Dilto Vitorassi (PV) pediu a retirada de urgência do Decreto de Legislativo que susta o contrato de transferência da rodoviária para a iniciativa privada. A empresa repassou os documentos que, a princípio, justificam os valores do contrato. Por enquanto, Vitorassi está satisfeito.  

Empossado - Professor Sergio de Oliveira (PSD) assumiu, na terça-feira (17), a vaga de deputado federal aberta pelo deputado Ricardo Barros (PP). 

Plano de manejo - Reuniões comunitárias e setoriais para a atualização do diagnóstico do PNI entram na última etapa. O processo faz parte do processo de revisão do Plano de Manejo. Nesta quarta-feira (18) acontece a reunião setorial com órgãos públicos e reunião Comunitária em Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu. Na quinta-feira (19) a reunião setorial será com a sociedade civil e com prefeituras. Na sexta-feira (20) com a concessionárias.

Pedido justo - Representantes da tríplice fronteira reivindicam cadeira no Mercosul. A reivindicação será apresentada na reunião do bloco na quinta-feira (19), em Montevidéu, no Uruguai. A cadeira requerida é do Subgrupo de Trabalho 18, que aborda a integração fronteiriça.

Dengue mata - O informe técnico divulgado na terça-feira (17) pela Secretaria Estadual da Saúde confirmou casos de dengue em 310 cidades, espalhadas nas 22 Regionais de Saúde. O boletim também confirma três novos óbitos, dois em Foz do Iguaçu e um em Medianeira. No total, são 50 mortes por dengue no Estado. Por outro lado, as notificações caíram 47% na comparação à semana anterior.

Contas básicas - As dívidas dos brasileiros atingiram um novo recorde no primeiro trimestre de 2016. Segundo levantamento da Serasa, o brasileiro deve mais de R$ 45 milhões em contas de água, luz e gás.

Inadimplência recorde - Desde 2012, quando a Serasa passou a fazer o levantamento de inadimplência, não e registrava a situação atual. No início de abril o número de inadimplentes no País atingiu 60 milhões de pessoas.

Perícia necessária – Os dois caminhões incendiados pelos integrantes do Movimento Sem Terra (MST), durante a operação de reintegração de área em Santa Terezinha de Itaipu, serão periciados para que seja conhecida a origem dos veículos utilizados para bloquear a BR 277.