22°
Máx
14°
Min

CPI Pecúlio: Relatório parcial antecipa pedido de Comissão Processante

Relatório Parcial - Os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito da operação “Pecúlio” na Câmara Municipal apresentaram o relatório parcial. O documento, lido extra-pauta, foi recheado com trechos dos depoimentos colhidos pela CPI. Também  inclui trechos das delações de dois empreiteiros e um ex-diretor de obras. Ao final, o texto sugere o afastamento do prefeito Reni Pereira.

Comissão Processante - O pedido de abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito Reni Pereira terá duas assinaturas e será apresentado nesta quarta-feira (6). A leitura do documento, obrigatoriamente, deverá ser feita na primeira sessão após o protocolo. Portanto, na quinta-feira (7).

Regra emprestada - O impasse está na proposta de afastamento imediato do prefeito. A hipótese não está prevista na Lei Orgânica. A comissão estuda, então, emprestar a solução de uma Lei Estadual que prevê a situação.

Atraso insuportável - A limpeza em 10 unidades de saúde está suspensa. A empresa contratada alega acumular cinco meses sem receber pelos serviços prestados ao Município. Assim, os 36 funcionários foram retirados das unidades. Sem a limpeza o atendimento à população começa a sofrer interrupção.  

Problemas com CNH - Chama a atenção da Guarda Municipal o número de casos relacionados a problemas com CNH. Condutores sem habilitação, com o documento vencido ou suspenso. Também é significativo o número de brasileiros que apresentam habilitação paraguaia.

Segurança escolar - Ameaças por aplicativos de mensagens obrigaram o Batalhão de Patrulha Escolar da Polícia Militar a estabelecer base em um colégio estadual da região norte de Foz do Iguaçu. Uma gravação anunciava possíveis ataques à escola. O recado assustou alunos e professores.  A Polícia Civil vai investigar a autoria dos áudios.

Farol ligado - A partir de sexta-feira (8) entra em vigor a nova lei que obriga o uso dos faróis baixos nas rodovias durante o dia. A norma prevê multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH do condutor.

Atenção redobrada - Em Foz do Iguaçu, levada a ferro e fogo, a regra vai exigir que os motoristas iguaçuenses circulem com o farol ligado durante todo o dia, inclusive nas vias urbanas. Assim evitarão que a circulação eventual nas rodovias federais, que cortam a cidade, resulte em multa.

Pegos de surpresa - A retomada das mobilizações do Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal resulta nas primeiras filas na BR 277. Exportadoras e importadoras  reclamam da falta de comunicação antecipada.

Acordo descumprido -  O sindicato, por sua vez, reclama do descumprimento do acordo celebrado com o governo federal em março. O aviso é de que a mobilização deverá durar até que o acordo seja cumprido.

Velhas demandas -  Em nota a categoria lamenta os transtornos. Diz esperar a sensibilidade do governo no encaminhamento de uma solução para velhas demandas.

Fumante passivo - A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado pode aprovar o projeto de lei que proíbe o consumo de cigarros em veículos com crianças e adolescentes. A multa pelo descumprimento da medida é de R$ 85,13.