22°
Máx
16°
Min

Disputa eleitoral em Foz será definida pelo TSE

Quatro prefeitos - Foz do Iguaçu enfrenta uma situação, no mínimo, sui generis. Em tese tem quatro prefeitos. Um afastado, uma vice no exercício e dois que se consideram eleitos. Chico Brasileiro e Paulo Mac Donald prometem, a partir desta segunda-feira (3), iniciar o processo de transição administrativa.

Transição administrativa - Durante a campanha tanto Paulo Mac Donald Ghisi quanto Chico Brasileiro se comprometeram a iniciar a transição no dia seguinte da eleição. Para refletir sobre a situação a prefeita Ivone Barofaldi terá um tempo extra. Está em Curitiba. Deve retornar somente na terça-feira (4).  Porém, a prefeitura tem problemas maiores para priorizar.

Situação grave - A situação das contas públicas é complicada. Não se descarta a possibilidade de se convocar uma comissão para acompanhar o final da atual gestão.

Processo eleitoral - Com o impasse jurídico estabelecido em Foz, caso não seja possível reverter a decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que indeferiu a candidatura de Paulo Mac Donald Ghisi, a cidade poderá ter nova eleição para prefeito.     

Sem proclamação - Em razão da situação envolvendo o ex-prefeito e onze candidatos a vereador, que também disputaram a eleição com recurso contra a impugnação das candidaturas, a Justiça Eleitoral não proclamou o resultado das eleições.

Pauta de julgamento - Entre os 71 recursos apresentados pelos candidatos a prefeito no Tribunal Superior Eleitoral, um é do ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi. Dos 428 recursos relacionados aos candidatos a vereador, onze são de Foz do Iguaçu.

Crimes eleitorais I - Em todo o Brasil a Justiça Eleitoral registrou 383 incidentes com prisão de candidatos e 3.431 com não candidatos. A maioria esmagadora dos casos relacionados à boca de urna.

Crimes eleitorais II - No Paraná as forças policiais flagraram 267 situações de crimes eleitorais. No Estado, 18 pessoas foram presas acusadas de compra de votos.  Em Foz do Iguaçu quatro pessoas foram conduzidas, entre elas um candidato.

Campanhas econômicas - As doações apresentadas nas prestações de contas dos candidatos a prefeito de Foz Iguaçu somaram R$ 795.062,84 e as despesas atingiram R$ 559.402,46.

Financiamento reduzido - Dados do Tribunal Superior Eleitoral revelam que os candidatos receberam dos eleitores, R$ 2.381.924.000,00. Em 2012, sem atualização dos valores, as candidaturas arrecadaram R$ 6.299.569.000,00.

Valor do voto - O custo nacional da eleição atingiu R$ 650.000.000,00. Cada voto custou, para a Justiça Eleitoral, R$ 4,50. Observado o parâmetro, a eleição em Foz do Iguaçu  custou aproximadamente R$ 750.000,00.

Voto demorado -  A demora para a votação em várias seções eleitorais tem diversas justificativas, entre elas o tempo de uso de algumas urnas que já estão ultrapassadas e a unificação de seções eleitorais. Aumentou o número de eleitores no local de votações e, consequentemente, o tamanho das filas.   

Campeãs de voto - A vereadora Nanci Rafain Andreola retorna ao cenário político com uma expressiva votação: 5.192 votos. A vereadora Anice se reelegeu com 4.937 votos e o vereador Nilton Bobato, que obteve 3.998 votos, não foi ajudado pela coligação. Os candidatos não atingiram a votação suficiente para compor uma legenda.  Bobato não se reelegeu.

Bancadas divididas - As coligações e partidos que apoiaram Chico Brasileiro elegeram oito vereadores. A coligação de Paulo Mac Donald somou cinco eleitos. O bloco PSC/PSB, do candidato Dr. Barros, elegeu dois.

Divisão partidária - A bancada do PSD será composta por três vereadores, o PDT, PTB e PTN elegeram dois vereadores cada um. Com um vereador estão relacionados PR, DEM, PRB, PSC, PSB e PEN. 

Risco afastado - A defesa do prefeito afastado Reni Pereira prepara recurso para o Superior Tribunal de Justiça (STJ). O pedido é para que Reni responda o processo em liberdade.  Para os advogados a possibilidade de risco ao processo, com a liberdade do prefeito, está afastada.

Pedido negado - O pedido de conversão da prisão domiciliar em prisão preventiva no sistema prisional foi negado pelo relator. Porém, houve pedido de vista. O  tema voltará a ser analisado em nova data.

Audiência Pública - Prefeitura de Foz do Iguaçu realiza na terça-feira (4), às 18 horas, audiência pública para apresentação da Proposta de Revisão do Plano Diretor na Câmara Municipal.

Sem previsão – Com o holerite em mãos os servidores de Foz do Iguaçu ainda não sabem a data prevista para o depósito dos salários.