24°
Máx
17°
Min

Eleições 2016: Coligações serão conhecidas somente na última hora

Modo Stand by  - Novas regras não foram suficientes para a mudança de hábito. Os partidos, novamente, deixaram para última hora a definição quanto às coligações. A maioria das convenções transferiu poderes para os acordos até o prazo final.

Incerteza natural – Portanto, neste momento, qualquer suposta composição de coligação é mera especulação. Alguns partidos são listados como certos em mais de uma aliança. As mudanças recentes no cenário obrigaram a reprogramação de curso em várias legendas.

Dentro de casa - Em alguns casos é preciso resolver as divergências internas para depois falar em alianças. Nem sempre o pensamento do comando é consoante com o desejo dos filiados, especialmente dos pré-candidatos a  vereador. Muitos não escondem a preocupação com a composição das coligações proporcionais.

Tudo pode mudar – Portanto, tudo o que é dado como certo agora pode mudar no último segundo do prazo final, no dia 15 de agosto.

Legislativo volta - Com comissões importantes em andamento e a promessa de debates e posicionamentos acirrados, os vereadores retomam as atividades após o período de recesso. As sessões serão realizadas às 9h e não mais no período da tarde.

Fecha para almoço? A segunda-feira (1) começa com as unidades de saúde funcionando em novo horário. A determinação é que os servidores cumpram a carga horária do concurso público. O detalhe é que não existe um documento que traduza a proposta em horário de funcionamento das unidades.

Buscando saída - Pode surgir de uma brecha na legislação para oferecer uma mais favorável às famílias notificadas pela Secretaria do Meio Ambiente para que deixem os imóveis edificados próximos aos rios Boicy, Monjolo e arroio Vitória.

Solução favorável - A Prefeitura estuda a revisão da legislação para rever a distância máxima exigida e regularizar as edificações nas áreas já impactadas. Não afeta o impacto ambiental e evita o impacto social. Atualmente a distância é de 30 metros. A brecha permitiria reduzir para 15 metros. O estudo seria prioridade na Procuradoria.     

Reposição de pessoal -  Os aprovados no processo seletivo da Prefeitura de Foz para a contratação de professores, agentes de apoio e secretários de  escola já tomaram posse e  terão a segunda-feira (1) destinada ao curso de capacitação exigido antes do início das atividades.

Protestos populares - No primeiro semestre a falta de professores nas escolas municipais provocou protestos de pais e alunos. Apesar da pressão para a solução imediata do problema, o processo foi conduzido de forma que as contratações fossem feitas após o período do recesso.  

Caneta pesada - A prefeita Ivone Barofaldi pesou na caneta. Numa tacada só exonerou dezenas de cargos comissionados e nomeou cinco novos secretários. Entre eles o ex-prefeito Perci Lima na presidência da Fundação Cultural e o jornalista João Carlos Del Rios que estréia na vida pública no comando da secretaria de Comunicação Social.

Equipe reunida - Com os novos integrantes na equipe, a prefeitura Ivone Barofaldi reúne o secretariado às 11h.

Tapa buraco - Finalmente a Prefeitura publicou o anúncio de licitação para a contratação de empresa para a execução de serviços para recuperação do asfalto nas esburacadas ruas da cidade.

Devagar mais vai – Incluída nas investigações da Operação Pecúlio, a obra de duplicação da Avenida Felipe Wandescher não tem o mesmo vigor do início, mas não parou.  Menos mal.

Companhia turística - O Governo do Paraná inaugura nesta segunda-feira (1), às 14h, a Terceira Companhia do Décimo Quarto Batalhão de Polícia Militar em Foz do Iguaçu. Além do serviço policial, a nova Companhia vai atuar com o atendimento específico a turistas.

Segurança reforçada - Como contrapartida pela participação de cerca de 250 policiais paranaenses no esquema de segurança montado para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o Paraná vai receber cerca de R$ 1,7 mi em equipamentos. São seis viaturas, além de armas de grosso calibre e equipamentos como escudos balísticos, coletes, capacetes, luvas táticas e munições.

Mais armas - Para a região fronteiriça paranaense a Secretaria Nacional de Segurança Pública doou 750 pistolas. Após a realização das Olimpíadas, serão enviados outros aparatos e mais quatro viaturas.

Mais prazo -  Contribuintes com dívidas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), geradas até o final de 2014, têm até o dia 19 de agosto para aderir ao Programa de Parcelamento Incentivado que oferece descontos em multas e juros para pagamento dos débitos à vista ou em até 10 anos. As condições do programa foram mantidas.

Parcelamento - Para pagamento em parcela única a multa é reduzida em 75% e os juros em 60%. No caso de parcelamento em até 10 anos meses, a multa diminui pela metade e os juros são reduzidos em 40%.

Xô dengue  - Pela terceira vez consecutiva o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Foz do Iguaçu constata a queda no índice geral de infestação por Aedes aegypti. Os resultados serão divulgados nesta segunda-feira (1º). Esse é o terceiro levantamento realizado pelo CCZ em 2016.

Vacina contra dengue -  O coordenador estadual de imunização, João Luiz Crivellaro, ministra treinamento para os profissionais de saúde da fronteira.