27°
Máx
13°
Min

Foz estreia eleição com identificação biométrica

Expectativa positiva - A Justiça Eleitoral emitiu nota destacando que a expectativa em relação à identificação biométrica, é positiva. Porém, reconhece que poderão ocorrer contratempos em razão da nova sistemática. Contudo, o texto tranquiliza o eleitor destacando que uma equipe treinada estará pronta para minimizar essa possibilidade.

Contas eleitorais - Os candidatos a prefeito de Foz do Iguaçu, até quinta-feira (29), apresentaram comprovantes de receitas que somaram R$ 570.723,59 e de despesas equivalentes a R$ 537.378,37.  

Aguardando decisão I - O sistema de divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral apresentava, até a quinta-feira (29), uma candidatura a prefeito indeferida com recurso.

Aguardando decisão II - Na disputa a Câmara de Vereadores, sete candidatos ainda constavam com candidaturas indeferidas com recursos. Outras 23 pessoas, por indeferimento, renúncia ou cancelamento, estão fora da disputa.

Presos eleitores - Os presos provisórios, pessoas recolhidas em estabelecimentos prisionais sem condenação criminal transitada em julgado, e os adolescentes internados, por não terem os direitos políticos suspensos, têm o direito de votar.

Sem interesse – Porém, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Paraná, o Departamento Penitenciário Estadual (Depen) fez uma consulta prévia aos detentos e não houve, em nenhuma unidade prisional do estado, interesse de um número mínimo de pessoas que justificasse a instalação das urnas eletrônicas.

Por isso...  Em Foz do Iguaçu não foi diferente. O reduzido número de eleitores, aproximadamente 200, não justificou a instalação de urnas eletrônicas para atender o sistema carcerário.

Segurança pública - Mais de 10 mil homens das Polícias Militar e Civil participarão da Operação Eleições 2016. O Paraná possui 5.044 locais de votação que representam 25.516 seções eleitorais. Em todo o Paraná a PM atuará com 9.948 policiais militares.

Lei seca - A venda, a compra e o consumo público de bebidas alcoólicas estão proibidos em todo o Paraná neste domingo (2) entre as 6h e às 18h. As pessoas que forem flagradas vendendo, comprando ou consumindo bebidas alcoólicas serão conduzidas pela polícia à delegacia.

Fechando o cerco – Uma proposta analisada pelos senadores quer impor novas restrições a doações a partidos e candidatos. O texto proíbe que agremiações e candidatos recebam doações de pessoas físicas que, em qualquer período dos últimos quatro anos, tenham mantido ou celebrado contrato de execução de obras, prestação de serviços ou fornecimento de bens com órgãos ou entidades da administração pública.

Força feminina - Em cinco cidades paranaenses apenas mulheres disputam a prefeitura. Os eleitores de Farol, Flórida, Jardim Olinda, Rancho Alegre e Altamira do Paraná acompanham a disputa com candidatas ao cargo de prefeita.  No Brasil a mesma situação se repete em 56 municípios de 17 estados.

Julgamento suspenso - O prefeito afastado Reni Pereira agora é réu na operação Pecúlio. A denúncia contra ele foi aceita pela Justiça Federal.

Prisão domiciliar - O pedido de conversão da prisão domiciliar em prisão preventiva, com a transferência do prefeito afastado para a penitenciária estadual, foi negado pelo relator. Ocorreu, então, o pedido de vista e a retomada do julgamento ainda não tem data marcada. 

Fiscalização acirrada - Na quinta-feira (29) equipes de fiscalização do Foztrans e da Guarda Municipal, com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal, apreenderam veículos e motocicletas na região da Ponte da Amizade.

Sem vínculo - Documentação irregular, transporte clandestino de passageiros e problemas de manutenção provocaram aproximadamente 30 apreensões.  A direção do Foztrans tratou de esclarecer que a fiscalização é rotineira e que nada tem a ver com a agressão sofrida pelos agentes de trânsito na quarta-feira (28).

Penas alternativas - A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal aprovou projeto que cria Centros de Monitoramento e Acompanhamento da Execução de Penas e Medidas Alternativas para acompanhar e fiscalizar o cumprimento de penas alternativas. Os centros já existem em alguns estados, mas passariam a ser previstos na Lei de Execução Penal.

Dificuldades financeiras – Enquanto isso, mudanças no Patronato Municipal de Foz do Iguaçu resultaram na redução de 70% do auxílio qualificação. Dos 200 assistidos que atuavam em diversos setores nas secretarias municipais, 140 foram dispensados. A equipe do Patronato recorre as empresas parceiras do projeto para a recolocação dos assistidos.

Plano diretor - A Secretaria de Planejamento e Captação de Recursos realiza no próximo dia 5 de outubro às 18h, audiência pública para apresentação da Proposta de Revisão do Plano Diretor na Câmara Municipal.

Agenda prioritária – A audiência pública é uma excelente oportunidade para o novo prefeito demonstrar interesse e preocupação com o planejamento da cidade participando do evento.