27°
Máx
13°
Min

Foztrans libera ônibus recolhidos sem selo de vistoria

Ônibus liberados – No início da noite de quarta-feira (30), após reunião com os representantes do Consórcio Sorriso, o Instituto de Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) liberou os seis ônibus recolhidos no início da manhã sob a alegação de que os veículos estariam fora das especificações exigidas pelo contrato. Circulavam sem o selo de vistoria.

Verde amarelado – O Consórcio Sorriso, que opera o sistema, alega que o impasse está relacionado à cor registrada no certificado de licenciamento e registro do veículo (CLRV). Nos documentos de 31 ônibus consta a cor amarela. Mas, os veículos têm a cor verde. Um verde amarelado, mas é verde.

Pouco para muito transtorno - Obviamente que apenas por isso, divergência na cor informada no documento, seria uma medida excessiva retirar ônibus do transporte coletivo de circulação e atingir diretamente a população.  Então surgiu a versão do Foztrans.

Check list – O Foztrans garante que existem outras razões para a atuação da fiscalização. Manda a norma que sem a aprovação na vistoria  o veículo não recebe o selo e sem o selo não pode circular.

Guardas municipais - A agenda da Câmara Municipal não inclui sessão extraordinária antes do dia 5 de abril. Isso representa que não será nesta quinta-feira (31), como se previa, o dia que os vereadores analisarão a proposta de pagamento das referências para os guardas municipais.

Revisão eleitoral I – Em Foz do Iguaçu a Justiça Eleitoral comemora o índice de 80% dos eleitores atingidos pela biometria. O prazo termina nesta quinta-feira (31) e quem não fez terá o título cancelado. Porém, até o dia 4 de maio será possível requerer o primeiro título, promover a regularização ou requerer transferência.

Revisão eleitoral II – Santa Terezinha de Itaipu, até a quarta-feira (29), havia registrado o cadastramento de 93% do eleitorado. Bem acima da média. 

Revisão eleitoral III – Dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) revelam que 55% dos eleitores paranaenses estão cadastrados biometricamente.

Frente Brasil Popular - Em Foz do Iguaçu a manifestação promovida pela Frente Brasil Popular, em defesa do governo da presidente Dilma Roussef, acontece a partir das 16h. A concentração será no Zoológico Bosque Guarani. Os manifestantes farão uma passeata pelas ruas do centro e a concentração de encerramento será na Praça do Mitre às 18h.       

Vídeo na rede - Denominando o processo de impeachment como “golpe parlamentar-empresarial” a Secretaria Nacional de Comunicação e Secretaria Nacional de Organização do PT divulgam um vídeo para esclarecer sobre o que eles chamam de “quebra da legalidade democrática”. O pedido é para que os filiados e simpatizantes compartilhem o material nas redes sociais.

Depois das férias - Alunos, pais de alunos e professores da Escola João da Costa Viana saíram em passeata pelas ruas do bairro Três Lagoas na manhã de quarta-feira (30). O protesto é pela falta de professores. A carência é de 24 profissionais. A escola é a maior da rede municipal com 1.160 alunos. Contudo, a unidade que deveria contar com 62 professores hoje tem apenas 38 profissionais.

Só em agosto - A Secretária de Educação, Lisiane Sosa diz que a Prefeitura tenta encontrar uma solução para o problema. Ela elenca aposentadorias e licenças médicas e especiais como as principais causas da situação atual. Pelos cálculos da secretária, novos professores serão contratados somente em agosto.  

Ciclovia - Foz do Iguaçu comemora a implantação de ciclovias. O Brasil investe nas vias para ciclistas. Só falta agora a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), determinar norma específica para implantação de ciclovias no país.

Trava na velocidade - No país que é o quarto que mais mata no trânsito, a diretora de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Luiza de Faria, defende que os automóveis deveriam sair de fábrica com uma trava de velocidade, no mínimo, travando o automóvel na velocidade máxima permitida nas nossas rodovias. Faz sentido!