22°
Máx
16°
Min

Ivone faz balanço administrativo e, apesar de tudo, aponta avanços

Exonerações - No balanço de dois meses de governo a vice-prefeita Ivone Barofaldi voltou a destacar as exonerações de 70 servidores comissionados. A assessoria da vice-prefeita esclarece que os cortes foram feitos por critérios técnicos e de eficiência sem conotações políticas. A economia informada é de R$ 430 mil mensais.

Saúde - A reabertura do Laboratório Municipal e a retomada da coleta de exames em 19 de 29 unidades básicas de saúde, além do decreto de “situação excepcional de emergência na saúde pública”, integram o relatório. A condição emergencial autoriza que  verbas de outras secretarias podem ser remanejadas para a pasta.

Dívida - A dívida geral na pasta da saúde passa de R$ 100 milhões.  A prefeitura fez um acordo com o Hospital Costa Cavalcanti para saldar a dívida que ultrapassa os R$ 30 milhões.  O débito foi parcelado. A primeira parcela de R$ 10 milhões foi quitada em agosto. O recurso foi o valor pago pela Caixa Econômica Federal para gerenciar a folha de pagamento dos servidores. 

Pavimentação - Em caráter emergencial, a prefeitura abriu uma licitação para contratar uma empresa especializada para o serviço de tapa buracos. O valor é de R$ 700 mil.

Desburocratização - Um dos projetos em andamento é o alvará eletrônico. A licença provisória eletrônica para atividades sem risco e válida por 180 dias. O documento é emitido em 24 horas.

Creches - Dos sete Centros Municipais e Educação Infantil (CMEIs) que passaram por obras no mês de julho, seis já ficaram prontos e voltaram a atender normalmente às crianças.

Coleta de Lixo - O  custo da limpeza pública foi reduzido de R$ 3,6 milhões para pouco mais de R$ 2,3 milhões. Além disso, a empresa voltou a fazer alguns serviços que estavam suspensos, como a poda de arvores e a pintura de meio fio, além de colaborar com o ajardinamento.

Controle social -  Nesta terça-feira (20), na Câmara de Vereadores, os candidatos a prefeito e vereador de Foz do Iguaçu terão a oportunidade de assinar a Carta Compromisso proposta pelo Observatório Social do Brasil de Controle Social.

Lista respeitada - Os taxistas paraguaios recuaram e se comprometeram a respeitar o acordo firmado com os taxistas de Foz do Iguaçu. Na semana passada foram cometidos excessos na tentativa de impedir que os taxistas brasileiros pudessem levar e trazer passageiros ao comércio paraguaio. Situação amainada.

Inscrições recordes - O número de participantes na 9ª edição da Maratona Internacional de Foz do Iguaçu SESC PR é recorde. Foram confirmadas 2.500 inscrições de atletas nas provas de maratona individual, maratona de revezamento em duplas e a corrida dos 11,5 km. As provas acontecem no domingo (25) com largadas, a partir das 6h, no Mirante do Vertedouro da Itaipu Binacional  e encerramento no Parque Nacional do Iguaçu.

Motoristas embriagados - De janeiro a agosto de 2016, foram flagrados 4.887 condutores dirigindo sob o efeito de álcool. No mesmo período de 2015 houve 6.181 casos em todo o estado. A redução de 21% no número de infrações consta dos dados divulgados pelo DETRAN Paraná.

Multas majoradas - A partir de novembro, o condutor que se recusar a passar pelo teste do bafômetro, ou qualquer exame que detecte a influência de álcool ou droga, vai pagar multa de R$ 2.934,00. Além o condutor terá a carteira de habilitação suspensa por 12 meses e o veículo retido.

Salvando vidas - Os doadores de medula óssea estão sendo lembrados da importância de atualizar os cadastros no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea. A manutenção do cadastro atualizado aumenta as chances de o paciente encontrar um doador compatível. Apenas uma em cada 100 mil pessoas, em média, é compatível para a doação.

Cadastro facilitado - O cadastro é feito no hemocentro. É necessário ter entre 18 e 55 anos, bom estado geral de saúde e não possuir doença infecciosa ou incapacitante, câncer, doença no sangue ou do sistema imunológico.

Bolsa família – Em setembro o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) repassará R$ 2,5 bilhões aos beneficiários do Bolsa Família em todo o país. O benefício será pago a 13,9 milhões de famílias, com valor médio de R$ 182,03.

Beneficiários iguaçuenses - Em Foz do Iguaçu o benefício é pago a 11.449 famílias e representa a injeção de R$ 1.639.610,00 mensais na economia local. O valor médio da transferência, por família, é de R$ 143,21, inferior a média nacional.

Sem proposta - Até o momento, a FENABAN não apresentou contraproposta diferente dos 7% de reajuste salarial e R$ 3,3 mil de abono. Os bancários reclamam que a oferta dos bancos sequer cobre a inflação do período registrada em 9,64%. O pedido da categoria é de pelo menos 5% de aumento real, ou seja, 15% de reajuste salarial.

Mídia regulada - Uma plataforma, lançada na Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação da Câmara Federal, permite que qualquer cidadão possa reclamar sobre possíveis abusos cometidos por emissoras de televisão. As denúncias serão analisadas por um grupo de monitoramento e, na sequência, gerarão o Ranking Nacional de Violações de Direitos Humanos na TV aberta.

Feriado antecipado - A Câmara Federal estuda antecipar os feriados no meio da semana para a segunda-feira. Quando existir mais de um feriado na mesma semana, haverá antecipação para dias consecutivos. A exceção são os feriados do ano novo, da Independência, de finados, do Natal, a Sexta-Feira Santa e o Corpus Christi, que seguem calendário religioso.

Crédito extra - Os senadores aprovaram crédito extraordinário de R$ 150 milhões para a Justiça Eleitoral. O dinheiro vai complementar os recursos existentes no orçamento federal para as eleições municipais deste ano. A maior parte do dinheiro será destinada para a alimentação dos mesários e demais despesas de custeio.