27°
Máx
13°
Min

Patrulha Maria da Penha será reforçada por Lei Municipal

Maria da Penha - Os vereadores de Foz do Iguaçu receberam o projeto que institui a Patrulha Maria da Penha. O grupamento que faz parte da Guarda Municipal foi criado no final do ano passado. Nasceu da assinatura de um termo de cooperação técnica entre a Prefeitura e o Tribunal de Justiça do Paraná. Na Câmara o projeto ganhou carimbo de urgência. 

Situação preocupante - O juiz Ariel Nicolai Cesa Dias, do Juizado de Violência Doméstica de Foz do Iguaçu, revelou, durante a entrega do projeto na Câmara, que a proposta é bem vinda. Segundo o magistrado, os índices de violência contra mulher são altos. “São alarmantes”, reforçou.  

Estava escrito - Após a implantação do plano de carreira, vários professores decidiram pedir aposentadoria. Se antes não valia a pena, agora vale. Segundo a secretária de Educação Lisiane Sosa, em algumas escolas já é registrada a falta de professores.  

Inseticida escasso - Em tempos de epidemia e dos riscos triplo da dengue, chikungunya e zika, o governo do Paraná recebeu apenas uma parte do inseticida necessário para o combate ao aedes aegypti. A compra do produto é exclusiva da União que controla as remessas para os estados. Em Foz o inseticida está em falta.

Celular liberado – Com nove votos favoráveis e cinco contrários os vereadores de Foz aprovaram, em primeira discussão, a revogação da lei municipal que proíbe o uso de telefone celular no interior de agências bancárias. Se aprovada em segunda votação segue para sanção ou veto do prefeito. O autor da proposta, vereador Luiz Queiroga (DEM), defende que a proibição é desnecessária. Atualmente é comum os clientes permanecerem concentrados nas telas dos aparelhos. Atendem ligações, jogam ou visitam as redes socais enquanto esperam. Na verdade, ajuda passar o tempo.  

Bonito, no papel - O relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre as condições dos presídios brasileiros é um retrato fiel do País. Segundo o documento, assinado pelo relator especial Juan Mendez, na teoria, foram registrados progressos importantes. O problema é que, na prática, as ações estão atrasadas. O relatório, elaborado no final de 2015, faz um diagnóstico do sistema prisional nos estados de Alagoas, Maranhão, São Paulo e Sergipe.

Comprovante de residência - A maior dificuldade encontrada por alguns eleitores que agendam o recadastramento biométrico na Justiça Eleitoral é comprovar a residência. Por outro lado tem muito eleitor que agenda e não comparece. No sábado (12) tem plantão para recadastramento em Santa Terezinha de Itaipu.

Expandindo o associativismo de resultados - É o nome da chapa inscrita para a eleição da diretoria, do conselho fiscal e do conselho superior deliberativo da Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI). A votação será na terça-feira (15), das 10h às 18h. Poderão exercer o direito de voto, entre outras exigências, os associados que estiverem regularmente filiados à ACIFI há mais de seis meses, quites com a tesouraria e em pleno gozo de seus direitos estatutários.  Os eleitos exercerão os mandatos de maio de 2016 e maio de 2018.

Correndo atrás - Para recuperar terreno a administração municipal tratou, ontem, de reforçar a divulgação das vantagens da Parceria Público-Privada na saúde.

Tornando a casa – Depois de deixar o PMN para se abrigar no PROS o vereador Zé Carlos deixa o PROS para se abrigar, novamente, no PMN.