24°
Máx
17°
Min

Prefeitura de Foz tem prazo para dar solução a maior ocupação urbana do Paraná

Invasão do Buba - A audiência pública de mediação, convocada pelo juiz da 2ª Vara da Fazenda de Foz do Iguaçu para debater a invasão do Buba, foi encerrada com a determinação para que a Prefeitura apresente, em até 90 dias, uma solução para a ocupação.

Indignação coletiva - A Prefeitura de Foz do Iguaçu está notificando mototaxistas para que regularizem os espaços utilizados como ponto de parada. A exigência é de que sejam apresentados os projetos de prevenção e combate a incêndio. Sem os documentos não serão emitidos os alvarás. O prazo é de 30 dias.

Bandeirada reajustada - O serviço de táxi em Foz do Iguaçu tem novos valores. A bandeirada foi reajustada para R$ 5,10. O Km rodado na bandeirada 1 passou para R$ 3,45 e na bandeirada 2 para R$ 3,85. A hora parada foi fixada em R$ 24,85.

IML contrata - O governo do Paraná abre no próximo dia 5 de agosto as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) do Instituto Médico-Legal (IML). São 45 vagas para médico-legista, uma para odontolegista, 35 para ajudante de necropsia e 49 para ajudante de perícia.

Vagas em Foz - O salário para as funções de médico-legista e odontolegista é de R$ 6.485,00. A remuneração para ajudante de perícia e ajudante de necropsia é de R$ 2.214,00. Há vagas para Foz do Iguaçu. Informações no site www.seguranca.pr.gov.br. Não há taxa de inscrição.

Perímetro urbano - Tramita no Senado a proposta de alteração na alteração no Código de Trânsito que obriga os motoristas a usarem faróis baixos durante o dia nas rodovias brasileiras. De acordo com o texto, a obrigatoriedade nas vias urbanas, ainda que sejam consideradas rodovias, será dispensada.

Interesse iguaçuense - Em Foz do Iguaçu motoristas locais e visitantes podem circular, no perímetro urbano, por três trechos de rodovias federais. 

Bilhete premiado -  A Polícia Civil do Paraná divulga alerta sobre golpes aplicados com o uso de telefones. Além do apelo emocional utilizado nos golpes do falso sequestro, do hospital e do sobrinho, ainda é aplicado o velho e conhecido golpe do bilhete premiado que apela para o ganho fácil. O pior é que tem gente que cai.

Quebra de confiança - Uma proposta em discussão na Câmara Federal aumenta a pena para quem divulgar, inclusive pela internet, cenas de nudez, atos sexuais ou mesmo um segredo sem autorização. O projeto também pune com o mesmo rigor quem divulgar as imagens, vídeo ou outro material acessado.

Rigor na punição - A lei anterior previa punição de 3 meses a 1 ano. Com a proposta, quem cometer o ato poderá ficar sujeito à pena de 1 a 3 anos de reclusão. A pena será aumentada de um terço à metade se o crime for cometido contra pessoa com mais de 60, com menos de 16, ou se a vítima for portadora de deficiência.

Alegações finais - Amanhã, quarta-feira (27), o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Roussef, retornará às manchetes. É que termina o prazo para a entrega das alegações finais da defesa à Comissão do Impeachment.

Mobilização mantida – Sem acordo entre governo e servidores da Receita Federal, a   noite de segunda-feira (25) prenunciava o sufoco da terça-feira (26).  Os caminhões já tomavam o acostamento da BR 277 formando fila para acessar a estação aduaneira.