24°
Máx
17°
Min

Semana começa com protestos, mobilizações e a retomada da Operação Muralha

Empresários mobilizados - Empresários, contadores, arquitetos e engenheiros realizam nesta segunda-feira (8) manifestação pró-alvarás. A concentração acontece em frente à sede da Prefeitura para a entrega das reivindicações ao Poder Executivo. Logo após o grupo fará uma caminhada até o Corpo de Bombeiros para a entrega das reivindicações à Corporação.

Educadores mobilizados - Os funcionários das escolas da região realizam ato simbólico no Núcleo Regional de Educação e atividades de conscientização nos estabelecimentos de ensino, nesta segunda-feira (8). A ação faz parte da mobilização pelo Dia do Funcionário de Escola comemorado no domingo (7). A programação valoriza a carreira dos agentes educacionais e reivindica o cumprimento pelo governo da pauta da categoria.

Interno e externo - Em frente ao Núcleo de Educação será entregue de documento a chefe do Núcleo, ressaltando a pauta da categoria que deve ser efetivada pelo Governo do Paraná. Nas escolas, com todos os servidores vestidos de roupas pretas, serão promovidos debates e diálogos entre a comunidade escolar.

Parecer contrário - O pleno do Conselho Municipal da Saúde, destacando a precariedade dos serviços de Urgência e Emergência do Município e as carências atuais verificadas na Atenção Básica,  recomendou o não fechamento do Pronto Atendimento do Morumbi para a reforma. A recomendação foi encaminhada para a Secretária da Saúde, Alice Maria Macedo.

Sem credenciamento – Outro impasse está relacionado aos médicos. Em nota a Prefeitura informa que tenta resolver da melhor maneira possível a crise no atendimento médico. Vários profissionais estão sem receber desde o mês de abril. Pelo menos 30 médicos estavam trabalhando sem credenciamento.

Sem vínculo - Portanto, em razão da inexistência de contrato, não há que se falar em abandono de plantão ou descumprimento de escala. Como não existe relação contratual entre as partes não existe obrigação vinculada.     

Sem comprovação - Para explicar a inadimplência com os médicos, a Secretária da Saúde alega que não existem documentos que comprovem a prestação de serviços ou os pagamentos efetuados no primeiro semestre do ano. Por isso, o estudo é feito caso a caso.

Escalas e plantões - Enquanto isso a equipe técnica da Secretaria da Saúde faz ginástica para ajustar as escalas médicas no Pronto Atendimento 24h e na UPA João Samek. Provisoriamente as duas unidades atenderão, prioritariamente, casos de urgência e emergência.  

Operação Muralha - Mediante o que é chamado de redirecionamento estratégico da Operação Muralha, a Receita Federal intensifica a fiscalização na Ponte da Amizade com o intuito de coibir atos que possam colocar em risco a segurança nas Olimpíadas.

Fiscalização reforçada - No combate ao tráfico de armas, munições e entorpecentes, ilícitos praticados principalmente através das fronteiras terrestres, mais 35 servidores reforçam a fiscalização com a presença dos cães de faro.

“Gatos” de energia - Uma em cada três unidades consumidoras vistoriadas pela Copel, no primeiro semestre deste ano, registrou o desvio de energia elétrica. Juntos, os 8.300 casos identificados desviaram 20 milhões de kWh. A energia desviada é suficiente para garantir o consumo mensal residencial médio de uma cidade com 200 mil habitantes.

Plano de governo -  Os participantes do I Fórum de Mobilidade Urbana de Foz do Iguaçu (Mobi Foz 2016) querem interferir na agenda dos candidatos a prefeito incluindo propostas relacionadas à circulação viária no município. O evento acontece na terça-feira (09) e na quarta-feira (10) no auditório da Fundação Cultural.

Portas abertas - O Mobi Foz é aberto a toda a comunidade. A organização está a cargo da Associação Ciclística Cataratas do Iguaçu (ACCI) e do Rotary Club de Foz do Iguaçu Harpia, com o apoio de voluntários e parceiros.

Visita ao hospital - O governador Beto Richa acompanhou no domingo (7) o mutirão de cirurgias eletivas de catarata no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, em Foz do Iguaçu. Em dois meses, foram feitas 635 cirurgias na região, e a expectativa é que mais de duas mil pessoas passem pelo procedimento até o final do ano. A ação integra o Mutirão Paranaense de Cirurgias Eletivas.

Visita turística - A comitiva do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e da diretora da Organização Mundial da Saúde, Margaret Chan, visitaram as Cataratas do Iguaçu, a Usina Hidrelétrica de Itaipu, e o Parque Tecnológico Itaipu. Ban Ki-moon veio ao Brasil para a abertura da Olimpíada.

Anfitrião local - As comitivas foram recebidas pelo Diretor-geral Brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek para um jantar. Na lista de convidados especiais estavam o governador Beto Richa, o ministro das Relações Exteriores, José Serra e o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, entre outras autoridades.

Maior competitividade - O ministro José Serra discutiu com o governador Beto Richa os projetos do Itamaraty para as áreas de fronteira. Uma das prioridades é evitar a migração de empresários brasileiros para o Paraguai. A preocupação é com o esvaziamento dos estados limítrofes.

Fechando coligações - Os partidos iguaçuenses estão alinhados em torno de cinco nomes na disputa pela prefeitura. Se nada mudar, os candidatos serão: Chico Brasileiro (PCdoB) e Gessani (PP); Paulo MacDonald (PDT) e Camilo Rorato (PSDB); Philip Mansur (Rede) e Roberto Apeulbaum (PMDB); Sérgio Gomes (PSC) e Carlos Osório (PSC).

Falta um - O nome do vice na chapa de Túlio Bandeira (Pros) será anunciado somente nesta segunda-feira (8) à tarde.    

Única e indivisível - Cada partido ou coligação poderá requerer registro de um candidato a prefeito, com o seu respectivo vice, em uma circunscrição eleitoral. O registro de candidatos a prefeito e vice-prefeito ocorrerá sempre em chapa única e indivisível, ainda que resulte da indicação de uma coligação.