20°
Máx
14°
Min

E agora, José?

O campeão paranaense de 2015 virou saco de pancada em 2016.

A campanha desastrosa do Fantasma no atual campeonato estadual preocupa torcedores, imprensa esportiva e principalmente os dirigentes do clube. Após o empate com sabor de derrota em Cornélio Procópio, o time de Vila Oficinas amarga a última posição na tabela de classificação e se aproxima de um pesadelo chamado rebaixamento.

Os sucessivos erros dentro e fora de campo colocaram a equipe nesta lastimável situação. Apesar de tantas patriotadas, ainda é possível salvar o Operário da segunda divisão, basta que a diretoria juntamente com o grupo gestor tomem algumas medidas que possam estimular os jogadores nas próximas partidas. ‘Grana’, ‘bicho’, ‘dim dim’... Vamos chamar de ‘premiação’.

Outra providência que pode atrair os torcedores para o jogo do próximo sábado diante do Londrina seria uma promoção nos preços dos ingressos. Afinal cobrar R$ 80 para ver um Fantasma que não assusta ninguém é no mínimo incoerente.

Vamos aguardar que o time dentro de campo faça sua parte e que, fora das quatro linhas, os diretores do Operário também falem a mesma língua e se unam neste momento delicado que atravessa o centenário clube de Vila Oficinas.