24°
Máx
17°
Min

Elas vieram para ficar

(Foto: Cândido Neto) - Elas vieram para ficar
(Foto: Cândido Neto)

A Federação Paranaense de Futsal finalmente promoveu um campeonato de encher os olhos, não apenas pela beleza feminina, mas também pela qualidade dos jogos na Série Ouro. Tive o privilégio de acompanhar algumas partidas envolvendo equipes da região dos Campos Gerais. Ivaí, Telêmaco Borba e Ponta Grossa formaram times de excelente nível técnico, elevando a importância da competição.

Diferente do futsal masculino, as meninas jogam mais e falam menos, facilitando o trabalho da arbitragem e oferecendo aos espectadores um espetáculo agradável.

Na partida entre Ponta Grossa e Colombo, no último sábado, o público presente ao Ginásio Oscar Pereira vibrou com as jogadas desconcertantes da ala Duda, do time da casa, e também aplaudiu de pé os belos gols de Renatona, que deram a vitória por 4 a 0 à equipe da casa.

(Foto: Cândido Neto)(Foto: Cândido Neto)

Além dos bons jogos que estão encantando os torcedores, o número de faltas cometidas durante uma partida é inferior aos dos jogos masculinos. Os árbitros também aplicam menos cartões e, consequentemente, ocorrem menos expulsões.

Logicamente que elas, as meninas, ainda terão que percorrer um longo caminho para atingir o estágio ideal como atletas da bola, e ao que tudo indica, estão no caminho certo.

O técnico Carlos Eduardo Malaquias, a ‘China’, do time de Ponta Grossa, fez um trabalho primoroso na escolha das atletas e principalmente na preparação de cada uma delas muito antes do início da Série Ouro.

Apesar das dificuldades naturais que uma equipe que está iniciando encontra pelo caminho, as meninas de Ponta Grossa têm bons motivos para seguirem otimistas. Em três partidas, duas vitórias, a bela recepção da torcida local e a atenção que estão recebendo da mídia.