24°
Máx
17°
Min

Mal necessário

O Operário Ferroviário irá receber no próximo dia 12 de abril o Criciúma pela Copa do Brasil no estádio Germano Krüger, no jogo de ida. Desmotivados com o péssimo desempenho da equipe, rebaixada no Campeonato Paranaense, os torcedores terão que ‘engolir’ os jogadores responsáveis pela queda do Fantasma.

Com o curto espaço de tempo para contratar e, principalmente, porque o elenco atual ainda tem contrato em vigência com o clube de Vila Oficinas, pouca coisa deverá ser alterada em termos de plantel para a Copa do Brasil. Jogadores como o capitão Chicão e o goleiro juninho já se manifestaram junto à diretoria pedindo que o clube aceite suas respectivas permanências em Vila Oficinas para as disputas da Segundona... Mas e o torcedor, o que acha disso? Perguntar não ofende.

A copa do Brasil poderá ser tiro curto, caso eles – os jogadores – tenham o mesmo empenho que tiveram durante o Estadual, mas também poderá ser a grande oportunidade para muitos desses jogadores que pretendem vestir novamente o manto sagrado alvinegro. Mas, desta vez, esperamos mais dedicação e competência.