22°
Máx
14°
Min

Operário: começar do zero

(Foto: Divulgação / Fernando Torres) - Operário: começar do zero
(Foto: Divulgação / Fernando Torres)

Passada a frustração pela eliminação na Copa do Brasil, os homens que comandam o futebol em Vila Oficinas precisam refletir e decisões precisam ser tomadas.

A ferida deixada pelo rebaixamento no Campeonato Paranaense ainda incomoda o torcedor e alguns jogadores ficaram negativamente marcados pela queda do time. A dispensa de alguns desses jogadores faria muito bem para o Operário e para os próprios atletas, que terão que seguir suas carreiras em outros clubes, outros ares.

Particularmente, penso que o momento é ideal para uma total reestruturação na formação de um elenco, a começar a partir do time que vai disputar a Copa FPF Sub-23.

(Foto: Divulgação / Fernando Torres)(Foto: Divulgação / Fernando Torres)

Apesar de poucos atrativos, o Campeonato Sub-23 dará ao campeão uma vaga no Brasileiro da Série D, algo muito bom para o Fantasma, que precisa de calendário. Outro ponto positivo em relação a esta competição é a grande oportunidade para a observação de talentos que estarão na vitrine e sem a inflação do mercado, como ocorre durante o Paranaense.

Mudanças importantes já foram feitas internamente no Operário Ferroviário. O presidente do Grupo Gestor, Álvaro Góes, conseguiu trazer para a diretoria pessoas de sua confiança e, com isso, o panorama mudou positivamente. A vinda do técnico Gerson Gusmão foi uma atitude mais que acertada. Além de ser unanimidade, Gersinho tem um papel importante fora das quatro linhas como conciliador e observador.

Outra medida que seria por demais importante para alavancar o trabalho de reestruturação do clube seria o repatriamento do empresário Marcos Marchiori para somar entre os dirigentes.

(Foto: Divulgação / Fernando Torres)(Foto: Divulgação / Fernando Torres)

Por várias vezes, já disse que o caminho de volta para a elite do futebol paranaense não será fácil. Superar as adversidades e conquistar esta única vaga no Campeonato Brasileiro da Série D seria devolver aos torcedores alvinegros um pouco do muito que eles perderam com a queda para a segunda divisão.