26°
Máx
19°
Min

Expectativa pelos reforços

O gestor Sérgio Malucelli anda de bom humor. Mesmo sabendo que a cota da TV para o Brasileiro da Série B - em torno de R$ 4,3 milhões líquidos - não cobrirá todas as despesas ao longo do ano. Otimismo é com ele mesmo.

Em todas as entrevistas, fala com brilho nos olhos que o Londrina vai subir para a Série A. Mesmo sabendo que do lado de lá tem Vasco da Gama, Goiás, Bahia, Ceará, Náutico, Avaí, Joinville, Criciúma, Paysandu, e mais dez. E com o mesmo entusiasmo fala em seis ou sete reforços.

Alguns virão do Palmeiras, pela amizade que tem com o técnico Cuca. O técnico Cláudio Tencati quer trabalhar com 42 jogadores. Hoje, o elenco tem 38 atletas. Faltando um mês para o início do campeonato.

E na estreia, o Tubarão vai receber o CRB de Alagoas, no Estádio do Café, que passa por reformas. Mas antes, tem a segunda fase da Copa do Brasil, contra o Campinense ou o Cruzeiro. Por falar em Copa do Brasil, uma notícia triste: em 2017, o Londrina não disputará a competição.