22°
Máx
14°
Min

Jogo de seis pontos

Quando adversários praticamente se nivelam ao Londrina e,  teoricamente, vão lutar na mesma faixa de pontuação, a partida vale mais do que os três pontos. O Tubarão, depois de perder na estréia, reagiu e por pouco não ganhou do Goiás (Keirrison perdeu duas ótimas oportunidades). Agora, é o Náutico, nesta terça (24), às 19h15, no Estádio do Café. O técnico Claudio Tencati deve manter o mesmo time, uma decisão sensata. O time pernambucano, na estreia perdeu para o Criciúma e depois venceu o Vila Nova por 3 a 2.

Conhecendo o adversário. O Clube Náutico Capibaribe existe há 115 anos. Foi 21 vezes campeão de Pernambuco. Já disputou a Taça Libertadores e a Sulamericana. Disputou 19 vezes a Série B, e foi vice em 1988 e 2011.

Um dos maiores ídolos do Náutico foi um londrinense. O goleiro Hélio Miguel, o saudoso Neneca. Entre agosto e setembro de 1974 ele ficou 1,636 minutos sem tomar gols, recorde mundial. Lembrando que Neneca também foi campeão brasileiro com o Guarani de Campinas, em 1978.