22°
Máx
17°
Min

E agora, José?

O jogador paranista Pitty pede para alguém marcar o camisa 9 do Luverdense. Ele não marca ninguém e está dentro da área. Vem o camisa 9 do adversário e faz o gol. Isso acontece duas vezes no jogo. Se ele é zagueiro, ele deveria fazer o que ele mesmo pedia para alguém fazer. Isso não tem técnico que resolva. Isto é qualidade técnica... ou a falta dela.

Drummond perguntou: E agora, José? E agora, Sr presidente? O Senhor vai mandar mais um técnico embora? Depois que dispensou o Claudinei Oliveira eu comentei no programa Show de Bola que, o que o Paraná Clube precisava era de jogadores melhores para a meia cancha e zaga. Além de não contratar mais ninguém que pudesse resolver problemas em dois ou três setores do time em campo, os dois melhores jogadores foram para São Paulo e Corinthians e o técnico foi dispensado. Pois bem: o descartado Claudinei Oliveira está no Avaí, pegou o time na vigésima segunda rodada da Série B e o Avaí tinha uma vitória fora de casa no campeonato inteiro e estava na décima quarta posição, tentando fugir da proximidade com a ZR. De décima quarta posição, o Avaí está no G-4 e já sonha em subir.

E o Paraná, sem dinheiro, vendeu o jogo contra o Vasco para arrecadar, e batalha para escapar de passar outubro namorando com a ZR que antes era posição do Avaí. O mesmo filme e mesmo discurso deste comentarista, que para não ficar chato, resta torcer para que o tricolor da Vil ao menos continue na Série B do ano que vem. Drummond já escreveu: “E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, a noite esfriou. E agora, José?”... nem acabou o campeonato, mas já sabemos o fim deste poema.