21°
Máx
17°
Min

Fim de feira na Europa... Início de Brasileirão

Na Inglaterra, seria trágico se não fosse cômico: o Old Trafford foi evacuado com suspeita de bomba e depois de evacuarem o estádio, alguém do esquadrão anti-bomba se tocou que foi um pacote que no próprio treinamento anti-bomba algum manezão esqueceu lá... enquanto isso, aqui no nosso país, começou o Campeonato Brasileiro.

Para os times paranaenses, só o Coritiba venceu. O jogo teve um placar magro de 1x0 contra o Cruzeiro, mas muito se deve ao trabalho do goleiro Fábio, aquele que na minha opinião já deveria ser titular da seleção brasileira há dois anos. E depois de ver que o Alisson do Internacional foi convocado pela seleção e agora fecha para defender a Roma da Itália, eu posso ficar com uma pulga a mais atrás da minha orelha com a CBF. Um goleiro bom, titular de um time conterrâneo ao técnico, assume a titularidade do time e em menos de 1 ano é convocado para a seleção e como num passe de mágica fecha um contrato para jogar na Europa... bem, eu posso desconfiar sim.

Enquanto isso, Fábio fecha o gol do Cruzeiro há mais de 3 anos e não consegue sequer uma convocação. Weverton do Atlético é outro que joga muito além da média dos goleiros deste país e nem sequer é comentado neste mercado da bola ingrato com os times de fora do eixo.

Como é primeira rodada do Brasileirão, não é possível analisar os desempenhos dos clubes, mas eu posso criticar a atuação da arbitragem do jogo Palmeiras x Atlético PR. Bruno Arleu de Araújo inverteu faltas, ameaçou expulsar Barrios e voltou atrás, expulsou o lateral Léo do Atlético, quando quem fez a falta foi Paulo André e apareceu além da conta. Um árbitro fraco, aspirante à FIFA. Não estou dizendo que interferiu no resultado, pois o Atlético foi um time perdido em campo e mereceu perder.

Londrina e Paraná Clube estrearam com derrota na Série B. Sei que é uma longa caminhada de 38 rodadas, mas que perde menos, corre melhor atrás de uma vaga.