28°
Máx
17°
Min

Nem dá para zoar rivais

Dos paranaenses, o Atlético segue na Copa do Brasil. Paraná Clube e Coritiba foram eliminados. Operário, que venceu a ida por 1x0, ainda terá o segundo jogo contra o Paysandu e joga pelo empate fora de casa para seguir.

Quando você escala um time reserva para a primeira partida de um torneio como a Copa do Brasil, manda um sinal para a torcida que em casa você vai com força máxima numa garantia de sucesso no projeto. Caso você não tenha um grande elenco de reservas e não tenha a intenção de passar de fase, tudo certo, então você coloca os reservas para jogar nos dois jogos e explica ao seu torcedor que a prioridade é outra. Mas, se você escala um time com os reservas na partida de ida e no jogo da volta põe força máxima, o recado está dado: Você quer a classificação.

Um esquema básico e óbvio quando seu time perdeu a primeira é que seu time não pode tomar gol. Outra premissa básica é que o adversário com menos peso de camisa viria jogar na defesa explorando os contra-ataques. O óbvio que eu você e a torcida Coxa vimos, mas eu não entendi o motivo de não ter um esqueminha básico do time para se livrar de jogadas em velocidade. Na única chance que o Juventude teve na partida, fez seu primeiro gol e garantiu a classificação. Os outros gols, o resto do jogo, foram explicações esfarrapadas de um time que entrou em campo errado já na primeira partida. Justamente eliminado, já é a segunda vez que o técnico Gilson Kleina parece não ter feito o curso de jogos de ida. Faltou esta aula.

Resta ao time juntar os cacos e se empolgar com um bom início de Brasileirão, quando venceu a primeira e agora vai jogar com um time que em sua casa, onde não sabe o que é derrota desde julho do ano passado. É forte adversário, mesmo vindo de derrota na primeira rodada para o Atlético Mineiro em Belo Horizonte. Galo que vem à Curitiba jogar sem técnico, já que Aguirre pediu demissão depois de ser eliminado na Libertadores.  O Paraná Clube recebe o Bahia, na Vila Capanema. O tricolor perdeu a primeira para o Brasil de Pelotas. O Atlético perdeu para o Palmeiras na abertura do Brasileirão, por 4x0 (o jogo chamado de “atípico” pelo Autuori). O torcedor que zoou seu rival, não tem motivos para zoar de volta até segunda-feira.