Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Obrigado, Bernardinho!

- Obrigado, Bernardinho!

Para falar de voleibol, preciso segurar a paixão, ponto de partida onde eu comecei a gostar de praticar esportes. E porque trabalho com esporte até hoje, devo ao voleibol, pois uma coisa foi me levando até aqui. Eu corredor de rua e (com muito orgulho) ex-jogador de vôlei, joguei nas seleções das escolas em que estudei, treinando algumas vezes com a seleção curitibana na Praça Oswaldo Cruz, tive o contato com o voleibol diário durante bons 12 anos e confesso ter a preferência por esta modalidade até hoje.

E para falar de Bernardo Rezende, preciso dar a minha opinião totalmente direcionada: Considero Bernardinho o melhor treinador de esportes coletivos do mundo. Gosta de números? Vamos lá:

Como Jogador: 9 títulos e fez parte da chamada geração de prata, medalha conquistada nas Olimpíadas de 1984 em Los Angeles.

Como treinador de clubes: 23 títulos.

Como treinador da seleção feminina: 9 títulos.

Como treinador da seleção masculina: 2 ouros olímpicos e duas pratas olímpicas, 3 mundiais, sem contar mais 28 títulos, em 16 anos no comando. Bernardo Rezende disputou todas as finais de Olimpíadas e de Mundiais que disputou como técnico da seleção masculina.

Um cara sempre pensando à frente, sempre pesquisando, sempre decidindo, sempre selecionando muito bem os atletas, acompanhando a carreira de jogadores potenciais desde a base até a seleção principal, para poder montar os melhores elencos, um cara estudioso, daqueles que será difícil de substituir.

Bernardinho, muito obrigado pela condução da seleção de vôlei e o que o voleibol brasileiro conquistou. Muito obrigado por estudar, pesquisar, treinar e deixar este currículo histórico ao nosso voleibol. Renan... sou seu fã desde quando você jogava no Sulbrasileiro em meados da década de 1980 e desejo toda a sorte do mundo à frente da seleção a partir de agora!