23°
Máx
12°
Min

Quartas quase definidas

Nunca foi tão fácil analisar uma fase do Campeonato Paranaense. Os times que fizeram uma boa primeira fase, se deram bem fora de casa e só um desastre tira Paraná Clube, Jota Malucelli e Coritiba da semifinal. O Atlético leva o jogo para decidir a vaga em casa, contra o Londrina, time que é perigoso e o Atlético vai precisar jogar bem mais do que jogou até agora, se quiser continuar na competição.

Depois do jogo do Paraná em Foz, o técnico Claudinei Oliveira reclamou muito do fato de jogar domingo pela manhã. Depois, no meio de semana ter uma viagem longa para a estreia na Copa do Brasil na quinta-feira, retorna para fazer o jogo da volta também no domingo pela manhã. Separando a parte da reclamação que ele diz que é somente contra o Paraná que isso acontece, dou razão ao técnico. O problema é que para elaborar uma competição de futebol, o técnico e os jogadores nunca são consultados. As pessoas que fazem as negociações na televisão, na Federação, nunca jogaram bola, nunca vão pensar em atleta. Mas são os atletas que rendem o pay per view que eles precisam para lucrar. É claro que desgasta. Imagine você que demorou uma semana para se adaptar com o horário de verão e quando já tinha se acostumado com ele, acaba e você vai ter mais uma semana de sono errado.

Os atletas de alto rendimento são seres humanos e sofrem a mesma dificuldade que você. E se perderem o jogo, o torcedor não vai aceitar essa “desculpa” para a derrota. O Bom Senso FC foi criado, mas até agora ninguém usou de bom senso para dizer que eles estavam errados.