23°
Máx
12°
Min

PMDB: manda quem pode

E o PMDB vai fazer o que dele se espera. Seguir as ordens de quem manda. E não, não estou falando da maioria do diretório – que até mesmo alguns filiados graúdos admitem que não gosta da ideia de apoiar a candidatura de Aliel Machado (REDE) à prefeitura. No final de semana, o PMDB fez ouvir a voz da pressão. Ninguém menos que o homem que manda no partido no Estado, Roberto Requião. Partido com medo de dono brabo, parece. Enfim. Requião veio a Ponta Grossa e disse o que se imaginava: o PMDB deve seguir com Aliel, etc. e tal. E deve, obviamente, indicar o candidato a vice. Mas isso é outro problema cuja solução foge ao tirocínio do verborrágico vereador. Quem, do PMDB? Edilson Fogaça de Almeida, ex-preferido do PMDB, conta pessoalmente que ele e mais dois figurões da sigla – o ex-reitor Paulo Godoy e o empresário Mauri Bevervanso – já refugaram o papel de coadjuvantes. Não sobra muito mais gente com envergadura política para tanto.

No final de semana, as imagens atestam, a “frente” de Aliel conseguiu até trazer de volta para diante das câmeras a ex-vereadora e ex-deputada federal Selma Schons (PT), que vive um merecido ostracismo.

A amarração política é de tal ordem conturbada, nesse processo, que não se tem, até agora, posição efetiva com relação ao encontro de propostas em torno dessa candidatura. Só se sabe quem tem interesse em usar esse espaço.

Não é um bom começo. E talvez o próprio Aliel já tenha se dado conta disso: seus aliados de primeira hora não são propriamente o cordão da vitória que ele imaginava.


Ipiranga – “Novo” pode dar lugar ao “clássico”

Em Ipiranga o que deveria ser o apoteótico lançamento da candidatura de Marco Cenovicz se revelou um anticlímax. Boa parte dos eventuais apoiadores prefere apostar numa candidatura mais tradicional.

A família Blum se prepara, mais uma vez, para oferecer um de seus membros para disputar o cargo que hoje é ocupado por Roger Selski, candidato à reeleição.

Ainda há espaço para uma nova tentativa, mas as chances estão bem reduzidas.