20°
Máx
14°
Min

Depois de muito nhenhenhém, Ricardo Barros anuncia voto pelo impeachment

"Na semana passada o PP do Paraná se reuniu e decidiu voto favorável ao impeachment. Esse posicionamento foi seguido por vários estados brasileiros. Publiquei a decisão em minhas redes sociais e aguardei que essa decisão do diretório nacional do Partido, o que acabou acontecendo no final desta tarde. Espero que esta decisão seja melhor para o Brasil e para todos o brasileiros. Que Deus nos ilumine. Votaremos SIM."

Do deputado Ricardo Barros (PP) no Facebook, hoje, após decisão da bancada do seu partido na Câmara de apoiar o impeachment de Dilma.

Informamos ontem que Barros já havia declarado seu voto nos corredores do Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná - do qual a esposa Cida Borghetti é vice -, mas ele desmentiu em seguida, dizendo que aguardaria decisão da chefia.

Pronto: acabou o suspense. Mais um voto pelo fim antecipado do mandato de quem já demonstrou sobejamente não ter a menor condição de comandar os destinos do país. Mas é capacitada ao extremo para arruiná-lo, como demonstrou, também sobejamente.

Acompanhe José Pedriali