22°
Máx
16°
Min

Em Londrina, PT rouba até o símbolo da cidade

Pé-vermelho simboliza o paranaense do Norte, que se impôs à natureza pelo trabalho e sacrifício. Que venceu pela lealdade e honestidade. Que construiu uma das regiões mais prósperas do país, tendo Londrina como epicentro

Não foi à toa que esse conceito nomeou o movimento Pés-vermelhos Mãos Limpas, que deflagrou a cassação, por corrupção, do prefeito Antonio Belinati, de Londrina, em 2000. E, por isso, foi homenageado pela Transparência Internacional.

Necessitando esconder da propaganda eleitoral a que partido pertence, o candidato do PT à Prefeitura de Londrina, Ordarlone Orente, trocou a estrela pelo pé-vermelho.

Tripla profanação, pois camufla sua identidade, apropria-se de um símbolo que não é seu, e um símbolo que incorpora os princípios que o partido renegou ao longo de sua trajetória.

Traduzindo para a linguagem do Código de Processo Penal: falsidade ideológica e apropriação indébita.

(Em tempo: um leitor me informa que o partido está adotando o mesmo símbolo na propaganda eleitoral dos candidatos a vereador. A trapaça, portanto, é ampla, geral e irrestrita.)

Acompanhe www.josepedriali.com.br