22°
Máx
14°
Min

Para o bem do Brasil, que Dilma faça como Cunha: renuncie!

Eduardo Cunha renunciou há pouco à presidência da Câmara, função da qual havia sido afastado pelo STF.

Ele disse que isso vai ajudá-lo a se defender das acusações - cabeludas, todas! - que pesam sobre ele. E, assim, preservar o seu mandato, ameaçado pela decisão do Conselho de Ética que o julgou culpado por quebra de decoro parlamentar.

Cunha fez um mal enorme ao país mantendo-se na presidência da Câmara, o que agravou sobremaneira a crise política.

Dilma faz um mal enorme ao país, elevado à enésima potência se comparado ao causado por Cunha, pois a continuidade de sua condição de "president@ afastada" impede a retomada do desenvolvimento, que seu governo - o mais desastrado e desastroso da história recente - comprometeu severamente.

Acompanhe www.josepedriali.com.br