22°
Máx
16°
Min

Procura-se um petista para disputar a presidência em 2018. Quem se disporá?

Quem se disporá, se até lá o PT ainda existir (*), a disputar a presidência da República pelo partido em 2018 - e protagonizar um vexame retumbante?

Gleisi Narizinho Hoffmann, Lindinho Berro Farias, Fátima Gópi Bezerra, José Eduardo Garbozo, o fiel discípulo do grande jurista Tomás Turbando, ou, ou... quem, quem?

Pois é, companheiros, está mais do que na hora de buscar um “Plano B”, pois o “comandante” Lula levou um chega pra lá daquele “juiz de Curitiba”, também conhecido por Sergio Moro, e não poderá empunhar a bandeira e a estrela do partido (que nesta eleição estão sendo escondidas sob disfarces vis) e tentar devolver o povo ao poder.

A aceitação a denúncia contra Lula por Moro – e quantas outras virão nos próximos meses? – acabou com o sonho. Acabou! Lula será condenado, pois, por mais que esbravejam os petistas e seus advogados a peso de ouro, a denúncia da força-tarefa da Lava Jato desceu redonda como a Skol, e será amplificada – e amparada em provas e indícios robustos, que desde já são uLULAntes –... e Lula será condenado, irmãos. Condenado!

A sentença deverá ser proferida daqui a uns seis meses e, cauteloso (preciso, cirúrgico e contundente) como é, Moro não deverá ordenar a prisão do condenado, como fez com outros réus da Lava Jato. A não ser que ele e seus manho$o$ advogados tentem tumultuar o processo (mais do que agora), dando ao juiz o pretexto para tal decisão.

E daí? Daí que o condenado recorrerá ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região - ao qual a 13ª Vara da Justiça Federal, cujo titular é Moro, está subordinada –, que, por sua vez, deverá manter a condenação. Isso lá por abril, maio de 2018. Essa “profecia” tem base científica: esse e outros tribunais de segunda instância confirmaram 9,5 de cada 10 decisões de Moro!

De novo, e daí? Daí que, condenado em segunda instância, Lula é atingido fatalmente pela Lei da Ficha Limpa (coisa de golpista!) e estará inviabilizado eleitoralmente. Além, é claro, de estar inviabilizado de viajar de jatinho, comer lagosta acompanhada de Chatêau Latiff (combina? Sei lá!). Não vai poder nem viajar de carro. Aliás, não vai poder viajar, nem dar um rolê pelo Guarujá, tampouco uma voltinha por Atibaia: pois estará aqui no Sul em companhia de outros “heróis do povo brasileiro”, evidentemente não tão honestos “como a viva alma mais honesta deste país”.

Então, companheiros, voltamos ao início: quem será o líder da cruzada para devolver o povo ao poder? Gleisi Narizinho Hoffmann ou...

(*) Os ressarcimentos e multas que a Justiça Federal imporá ao PT por causa do seu envolvimento no Petrolão poderão inviabilizar financeiramente o partido, que, ainda, tem ameaçado seu registro eleitoral caso se confirmem no TSE as denúncias (também uLULAntes) de que recebeu propina disfarçada de doação eleitoral.

Resumo da ópera: o fim está próximo, companheiros. E será doloroso, muito, mas muito doloroso!

Acompanhe www.josepedriali.com.br