22°
Máx
17°
Min

Temer e Wagner fogem da posse de Lula

Temer e Wagner fogem da posse de Lula

O vice-presidente Michel Temer e o ex-chefe da Casa Civil e agora chefe dos serviçais de Dilma Jaques Wagner não compareceram à cerimônia de posse do tutor da presidência Lula da Silva e dos ministros da Justiça e da Aviação.

A justificativa de Temer foi de que não poderia avalizar com sua presença um ato de insubordinação do deputado Marcelo Lopes, novo titular da Aviação Civil, pois o PMDB vetou, por 30 dias a contar de sábado, que seus filiados aceitassem cargos no governo.

A justificava é procedente, mas, seja como for, a ausência do vice-presidente numa cerimônia daquela importância equivale a um rompimento formal dele com sua chef@ - digo, com seu chefe, pois a partir de hoje quem manda no Planalto é Lula

Wagner não foi porque, seja lá qual tenha sido sua justificativa formal, de duas, uma: 1. ele ficou magoado por ter sido enxotado do principal posto abaixo da presidência, e logo por Lula, cuja ida para o Covil do Planalto teve nele um defensor entusiasta; 2. A cerimônia estava marcada para as 10 horas, cedo demais para um baiano, ó, meu rei!

Acompanhe José Pedriali