28°
Máx
17°
Min

Afastamento definitivo de Dilma da presidência é questão de tempo

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado - Afastamento definitivo de Dilma da presidência é questão de tempo
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O PT já não tem mais esperanças da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) reassumir a presidência da República. 

No fim da manhã desta quinta-feira (4), a Comissão Especial do Impeachment aprovou o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB) que concluiu que  Dilma cometeu ilegalidades e recomenda que o caso seja levado a julgamento final -- no plenário do Senado Federal, marcado para a próxima terça-feira (9). Cinco senadores votaram pela rejeição do parecer do relator e 14 foram favoráveis. 

O resultado foi uma ducha de água fria na cúpula do PT no Senado Federal que não acreditam numa reviravolta no plenário -- ou seja, Dilma será definitivamente afastada no processo de impeachment.  Após a votação, os petistas jogaram a toalha. E já começaram a discutir como a bancada vai se posicionar frente ao governo de Michel Temer (PMDB).