Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Apenas duas vereadoras farão oposição ao prefeito Rafael Greca

Duas vereadoras, a petista Professora Josete e a peemedebista Noemia Rocha, devem fazer oposição ao prefeito de Curitiba Rafael Greca (PMN) na Câmara Municipal. 

A "minguada" oposição não é novidade no legislativo de Curitiba. Pelo contrário. O prefeito sempre conta com a esmagadora maioria na Câmara de Vereadores -- o que permite a aprovação de projetos encaminhados pelo executivo. 

As costuras ainda estão sendo feitas. À frente das conversas com os partidos na Câmara de Curitiba está o vereador Pier Petruziello (PTB) -- escolhido por Greca para ser o líder do prefeito no legislativo municipal.

Pier está concentrado agora em trazer os parlamentares que se intitulam "independentes" para a base governista. As conversas têm surtido efeito. Calcula-se que entre sete e 10 vereadores se apresentarão como independentes -- ou seja, votam a favor e contra a base do governo, dependendo da proposta de lei. 

Declaradamente na trincheira da oposição, só Josete e Noemia. 

Se os números fecharem como se desenha, serão, portanto, 26 vereadores governistas, no máximo 10 "independentes" e duas de oposição. Um cenário tranquilo para Rafael Greca governar sem solavancos pela Câmara dos Vereadores, sob a batuta e orientações de Pier Petruziello.