24°
Máx
17°
Min

Após anulação do impeachment de Dilma, oposição promete ofensiva contra presidente interino da Câmara

Foi imediata a reação da oposição à decisão do presidente interino da Câmara Federal, Waldir Maranhão (PP), de anular a tramitação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Os principais líderes dos partidos de oposição prometem uma ofensiva contra Waldir Maranhão. Logo após a decisão do presidente interino, os parlamentares trocaram telefonemas para planejar ações para barrar a decisão.    

Na prática, segundo a presidência da Câmara,  o processo, que está no Senado Federal, será devolvido para a Câmara dos Deputados que dará um prazo de cinco sessões para colocar o processo de impeachment novamente em votação. Um dos motivos para anular o processo de impeachment é que houve orientação de bancada, o que fere a liberdade de voto dos deputados.