Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Após aproximação com Beto Richa, Osmar Dias cogita saída do PDT

(Foto: Agência Brasil) - Após aproximação com Beto Richa, Osmar Dias cogita saída do PDT
(Foto: Agência Brasil)

A solenidade da Ordem do Pinheiro, nesta semana, só escancarou o que vinha se conversando há tempo nos bastidores do Palácio Iguaçu: uma aproximação política do governador Beto Richa (PSDB) com o pedetista Osmar Dias.

Na oportunidade os dois trocaram elogios e risos sepultando a aliança entre eles em 2018. Richa viu em Osmar o candidato ao governo do Paraná capaz de levá-lo sem sustos ao Senado Federal. Osmar enxergou o caminho inverso. Se aliando ao tucano espera chegar em 01 de janeiro de 2019 como governador do Paraná.

Também nesta semana, Osmar Dias se reuniu com aliados do governador. Na casa do deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PSB), o pedetista foi recebido para um café da manhã. Lá pelas tantas ouviu formalmente o convite para abandonar o PDT e ingressar no PSB -- ingressar de vez na bancada de apoio de Beto Richa. Lá estavam Severino Araújo, presidente do PSB, e os deputados do partido Alexandre Curi (PSB), Jonas Guimarães e Stephanes Júnior.

Osmar Dias ficou de pensar. Mas a troca de partido será o primeiro passo de uma aliança com Beto Richa com vistas em 2018 e o atalho para chegar ao Palácio Iguaçu.