24°
Máx
17°
Min

Câmara de Curitiba aborta ideia de implantar identificação biométrica

A Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Câmara de Vereadores de Curitiba arquivou na reunião desta terça-feira (17) o projeto que previa a votação em plenário por meio de identificação biométrica. A proposta foi apresentada depois que o vereador Pastor Valdemir Soares (PRB) foi flagrado votando pela vereadora Julieta Reis (DEM) -- atitude que culminou na renúncia do mandato do parlamentar.   

A relatora do projeto é a própria "vítima", vereadora Julieta Reis. Na reunião da comissão,  a vereadora justificou o voto pelo arquivamento. De acordo com Julieta Reis, a Câmara de Curitiba não teria condição técnica e tecnológica de implantar a identificação biométrica para registrar a votação dos vereadores.