27°
Máx
13°
Min

Candidatos do PMDB vão evitar Requião no palanque nesta eleição

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado - Candidatos do PMDB vão evitar Requião no palanque nesta eleição
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Os candidatos à vereador e prefeito do PMDB que vão disputar a eleição de outubro de 2016 vão evitar a presença do senador Roberto Requião (PMDB) no palanque. 

Um dos principais puxadores de voto dentro do partido, Requião sempre foi assediado pelos candidatos para comparecer em eventos políticos. Mas, no atual momento, a avaliação dos candidatos é que eles têm mais a perder do que a ganhar com o senador no palanque.

Requião foi e continua sendo aliado da presidente Dilma Rousseff (PT) e do ex-presidente Lula. Durante a votação do processo de impeachmet de Dilma, o senador paranaense, durante o discurso, defendeu a petista e fez críticas ao atual presidente em exercício Michel Temer -- chegou a falar em golpe. Apesar da mudança do comando do país, Requião continua crítico ao atual governo interino. 

Cientes de que uma grande parcela da população foi e continua sendo favorável ao afastamento de Dilma e tendo Temer como presidente interino, e um dos principais caciques do PMDB, os candidatos à vereador e prefeito preferem deixar Requião longe dos palanques. 

"Como colocar o Requião para discursar num evento político se ele vai falar mal do Temer e defender a Dilma e o Lula?", questiona um candidato peemedebista. "É mais fácil perder voto do que ganhar", completa.