22°
Máx
17°
Min

Corregedoria do TSE suspeita que PP e PMDB receberam propina

Documentos encaminhados pelo juiz Sérgio Moro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) levantam suspeitas que o PP e o PMDB receberam propina no esquema do Petrolão -- que vem sendo investigado pela Polícia Federal e Ministério Público Federal no âmbito da Lava Jato. 

A corregedora-geral eleitoral, ministra Maria Thereza de Assis Moura, solicitou à presidência do TSE que apure os indícios de irregularidade. De acordo com a decisão da ministra, “a análise preliminar da volumosa documentação denota a existência de fatos graves a exigir a devida apuração”. Entre as informações enviadas pelo juiz Sérgio Moro há o depoimento do investigado na operação Lava Jato, Paulo Roberto Costa, que confirma o repasse de valores aos dois partidos por meio de empreiteiras que mantinham contrato com a Petrobras.