23°
Máx
12°
Min

Cunha tenta reunir partidos contra o STF

Começa a se montar nos bastidores do Congresso Nacional uma ofensiva de partidos políticos contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Os políticos estão bastante receosos com a possível anuência da Suprema Corte com os pedidos de prisão, cada vez mais frequentes, por parte do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, envolvendo a operação Lava Jato. 

Depois do pedido de prisão do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, do deputado federal Eduardo Cunha, do senador Romero Jucá e do ex-presidente da República José Sarney, todos do PMDB, os parlamentares se sentiram acuados e temem uma onda de prisões de políticos sem precedentes na história do Brasil.

Cunha seria um dos parlamentares à frente desta ofensiva. Ainda não se sabe o que este grupo de políticos pretendem, mas, sem dúvida, o objetivo é tentar frear a qualquer custo a Lava Jato. Fontes do Congresso Nacional dizem que a "varredura" pelo legislativo deve começar em breve e os desdobramentos serão devastadores.  

Os ministros do STF, por sua vez, aguardam os movimentos vindos da Câmara Federal.