21°
Máx
17°
Min

Desistência de Ducci geral mal-estar dentro do PSB

O anúncio feito pelo deputado federal e ex-prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB) de que não disputaria e eleição municipal causou mal-estar dentro do PSB. 

Tanto a desistência quanto o apoio à candidatura de Rafael Greca (PMN) foi costurado pelo próprio Ducci e pelo presidente estadual do PSB, Severino Araújo. Outra coisa que desagradou uma ala do partido foi que Ducci comunicou das decisões muito em cima da hora, quando o acordo já estava todo costurado. 

Em contrapartida à aliança, Ducci espera ter espaço num eventual governo Greca e ainda contar com o apoio para mais um mandato na Câmara Federal. 

Mas as duas decisões de Ducci, de não disputar a prefeitura e apoiar Greca, estão longe de ser unanimidade dentro do PSB. Stephanes Júnior, por exemplo, que recentemente deixou o PMDB e ingressou no PSB, já disse que vai colocar o nome à disposição do partido para ser candidato à prefeito. 

O PSB agora aguarda um posicionamento sobre a candidatura de Ney Leprevost (PSD). Caso seja mantida, Ducci espera indicar um nome para a vice de Greca. Caso Ney desista também da disputa, o PSD teria a prioridade de indicar um vice para a chapa de Greca.