22°
Máx
16°
Min

Durante sessão da CCJ, Cunha manda recado: "Hoje, sou eu; vocês, amanhã"

Para bom entendedor, meia palavra basta. Na sessão desta terça-feira (12) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, que analisa o recurso contra a aprovação, pelo Conselho de Ética, da cassação do mandato do peemedebista,  o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), deu um recado bem direto aos demais parlamentares da Casa. "Hoje, sou eu; vocês, amanhã". 

O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) não chegou até a presidência da Câmara Federal à toa, de paraquedas. O peemedebista conta com um leque repleto de aliados que lhe deram sustentação política para que ocupasse a cadeira de presidente. 

A recente decisão de renunciar ao cargo nada tem a ver com enfraquecimento político -- haja vista que, apesar de todas as suspeitas que pesam contra ele, além das investigações e denuncias que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF), Cunha se manteve até bem pouco tempo no comando da Casa. 

Muitos destes aliados foram ajudados por Cunha -- seja com cargos, seja financeiramente em campanhas eleitorais. Cunha sempre esteve de braços abertos para ajudar. Em troca, conquistava a lealdade dos parlamentares. 

Por conta disso, Cunha sabe muita coisa sobre muitos congressistas. E não está restrito ao Senado Federal e à Câmara dos Deputados. Cunha tem muito a dizer sobre os ex e atuais ocupantes do Palácio do Planalto.

O recado foi dado e chegou a quem deveria chegar. Resta saber se ele será ouvido ou ignorado.