27°
Máx
13°
Min

Gaeco cumpre mandado de busca na prefeitura de Itaperuçu

Policiais do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), órgão ligado do Ministério Público do Paraná, cumpriram na manhã desta quarta-feira (18) mandados de busca e apreensão na prefeitura de Itaperuçu. Ao todo, foram cumpridos 16 mandados judiciais expedidos pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná em Itaperuçu, Cerro Azul e também em Rio Branco do Sul, municípios da Região Metropolitana de Curitiba.

Os mandados foram cumpridos na residência do prefeito de Itaperuçu, Neneu José Artigas, no seu gabinete na prefeitura, em residências de empresários, em empresas e no escritório de um ex-procurador jurídico do município. Um dos investigados foi preso por posse de arma de fogo sem registro, mas pagou fiança e foi liberado. Na residência do prefeito, foram apreendidos também R$ 40 mil.

Os promotores do Gaeco, em conjunto com a  Promotoria de Justiça de Rio Branco do Sul, investigam favorecimentos ilícitos e dispensas indevidas de licitações em Itaperuçu, com consequentes desvios de recursos públicos. A operação é consequência da Operação Amicitates. 

De acordo com informações repassadas pelo Gaeco, foram cumpridos dez mandados em Itaperuçu, cinco em Rio Branco do Sul e um em Cerro Azul, resultando na apreensão de documentos, computadores e celulares.