23°
Máx
12°
Min

Greca diz que problema de saúde se resolve com mais gestão e menos construção

Os dois candidatos que disputam a prefeitura de Curitiba neste 2º turno, Rafael Greca (PMN) e Ney Leprevost (PSD), falaram no debate promovido pela Gazeta do Povo daquele que, segundo pesquisas, é o maior problema da cidade: a saúde.

Novamente, Greca adiantou que, se eleito, vai nomear João Carlos Baracho como secretário municipal de Saúde. E afirmou que o problema de saúde será resolvido com mais gestão e menos construção. O candidato do PMN afirmou que não precisa fazer novas construções na área da Saúde. “Mais gestão e menos construção. Não precisa construir nada. Podemos usar o hospital Pequeno Príncipe”, disse, se referindo ao atendimento às crianças de Curitiba.

Ney Leprevost, ao contrário do adversário, afirmou que pretende no primeiro ano de gestão como prefeito construir dois Pronto Atendimento Infantil (PAI) – um no bairro CIC e outro no Bairro Novo. “Vamos cortar até 40% dos cargos em comissão para usar este dinheiro na contratação de mais médicos especialistas. Não é possível uma fila com 20.000 pessoas para ser atendido numa consulta com ortopedista”, completou Ney. “Saúde será prioridade número 1 na minha gestão”.