24°
Máx
17°
Min

Já cassado, Cunha diz que vai contar sobre impeachment em livro

- Já cassado, Cunha diz que vai contar sobre impeachment em livro

Minutos depois de ser cassado no plenário da Câmara Federal, por 450 votos e apenas 10 contrários, Eduardo Cunha (PMDB) afirmou que vai lançar um livro revelando os detalhes do processo de impeachment que levou a saída da presidente Dilma Rousseff (PT). "Vou contar os detalhes de todos que conversaram comigo sobre o impeachment", disse, citando que não se tratava de uma ameaça velada aos antigos aliados. 

Cunha disse que já esperava à cassação e que ele é um troféu que foi entregue como vingança por ter iniciado o processo de impeachment de Dilma. 

O peemedebista afirmou que houve um acordo entre o atual governo, do presidente Michel Temer (PMDB), com o PT e o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM). Eduardo Cunha ainda se disse vítima de perseguição da Rede Globo de Televisão.  

Com a perda do mandato de deputado federal, Cunha perde o foro privilegiado e todos os inquéritos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) serão remetidos ao juízo de 1º grau -- inclusive os que o investigam no âmbito do operação Lava Jato. Questionado pela imprensa, Cunha afirmou que não acha que vai ser preso e que não teme o juiz Sérgio Moro, que julga em primeira instância os processos decorrentes da Lava Jato.