24°
Máx
17°
Min

Procuradoria prepara pedido de afastamento de Renan Calheiros

Foto: Jane de Araújo/ Agência Senado - Procuradoria prepara pedido de afastamento de Renan Calheiros
Foto: Jane de Araújo/ Agência Senado

A Procuradoria Geral da República (PGR) está preparando uma ação em que pede ao Supremo Tribunal Federal (STF) o afastamento do presidente do Senado Federal,  Renan Calheiros (PMDB), da linha sucessória da presidência da República. 

Conta uma boa fonte, que o procurador-geral, Rodrigo Janot, aguarda somente Renan virar réu no STF para pedir o afastamento dele. Segundo esta fonte, este pedido não englobaria a saída do senador do PMDB da presidência do Senado -- tão somente da linha sucessória da presidência. Os partidos de oposição, no entanto, já estariam se ensaiando para pedir a saída de Renan também do comando do Senado. 

Renan é investigado em sete inquéritos que tramitam na Suprema Corte envolvendo uma suposta participação dele em irregularidades apontadas pela "Operação Lava Jato" -- que apura um esquema de corrupção na Petrobras e pagamento de propinas para políticos através de empreiteiras com contratos na estatal. Nas próximas semanas, diz a fonte, o STF deve acolher denúncia da PGR contra Renan em um dos inquéritos em que ele é investigado. 

Renan Calheiros já é réu no STF, mas não envolvendo a Lava Jato. Desde o ano passado, tramita uma ação na Justiça Federal de Brasília contra Renan. O Ministério Público Federal acusa o senador de ter recebido propina da construtora Mendes Junior para apresentar emendas parlamentares que beneficiavam a empreiteira. Em troca, a empresa teria pago despesas do senador de um relacionamento extraconjugal .