27°
Máx
13°
Min

Requião Filho e Gustavo Fruet são os candidatos com maior rejeição entre os eleitores, aponta Ibope

Com 37% de rejeição, Requião Filho (PMDB) é o candidato à prefeitura de Curitiba com mais repulsa pelos eleitores ouvidos na pesquisa Ibope contratada pela Rádio e Televisão Iguaçu S.A/Rede Massa. O atual prefeito Gustavo Fruet (PDT), que tentará a reeleição, vem logo em seguida com 32% de rejeição dos curitibanos – que disseram que não votariam nele de jeito nenhum. A candidata Maria Victória (PP) tem rejeição de 22% e Rafael Greca, do PMN, com 21%. 

O prefeito tem amealhado grande rejeição principalmente pela aliança com o PT que o elegeu em 2012. Alvo central da operação Lava Jato, o PT caminhou junto com o atual prefeito durante o processo eleitoral e nos primeiros anos de gestão – tendo a petista Mirian Gonçalves como vice-prefeita de Curitiba. Quando o escândalo da Lava Jato veio à tona e colocou os petistas no epicentro do esquema de desvio de recursos, Fruet decidiu se afastar.

Já o deputado estadual Requião Filho apostou “no sobrenome”. Filho do senador Roberto Requião (PMDB), o sobrenome da família é uma das apostas da candidatura do peemedebista. Requião Filho é jovem e ganhou notoriedade na votação do ajuste fiscal do governo do estado. Municiado pela equipe do senador, Requião Filho criticou bastante o projeto encaminhado pelo Poder Executivo.

A rejeição de Requião Filho tem grande uma parcela de responsabilidade do pai. Na eleição de 2006, quando acabou reeleito governador do Paraná, Roberto Requião ganhou por uma diferença mínima – de pouco mais de 10 mil votos, e viu os votos em Curitiba minguarem.

Outro fator que pode explicar a rejeição ao nome Requião é a postura do senador frente ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) – quando o peemedebista votou contrário ao afastamento da petista, indo contra a vontade de muitos curitibanos.

Metodologia:

Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 02 e 06 de julho de 2016.

Tamanho da amostra: foram entrevistados 805 eleitores.

Margem de erro: a margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Nível de Confiança: O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Solicitante: pesquisa contratada por RÁDIO E TELEVISÃO IGUAÇU S/A.

Registro Eleitoral: registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Curitiba sob o protocolo Nº PR05852/2016.