21°
Máx
17°
Min

TJ mantém ex-deputado Bertoldi preso

Os desembargadores da 4º Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná indeferiram nesta quinta-feira (5) o pedido de soltura do suplente de deputado federal Osmar Bertoldi (DEM). O habeas corpus foi julgado nesta tarde. 

Com a decisão, Bertoldi seguirá preso no Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O advogado Cláudio Dalledone Júnior, que representa ele, deve ingressar nos próximos dias no Superior Tribunal de Justiça (STJ) com um novo pedido de revogação da prisão. 

Bertoldi está preso desde janeiro deste ano depois que os promotores do Ministério Público Estadual apresentaram denúncia contra ele depois que a ex companheira relatou uma série de agressões. Na defesa, Bertoldi argumenta que também foi vítima de agressões.