24°
Máx
17°
Min

TJ suspende sindicância que acusava Greca

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ) suspendeu a sindicância da Fundação Cultural de Curitiba, que acusava injustamente o candidato da Coligação Curitiba, Inovação e Amor, Rafael Greca (PMN), por suprimir peças de artes da Casa Klemtz. As informações são do blog do jornalista Fábio Campana.

A juíza Cristiane Santos Leite, da 4ª Câmara Civil do TJ, acatou o recurso de Greca, que classifica o ato administrativo da gestão de Gustavo Fruet (PDT), como “abuso de poder político”.

No despacho, a juíza entende que a sindicância, criada pela Fundação Cultural de Curitiba, “não pode ser utilizada como instrumento de favorecimento ou prejuízo a nenhum dos candidatos que disputam as eleições municipais de 2016, em possível desvio de finalidade ou abuso do Poder”.