22°
Máx
16°
Min

Adeus ao grande comediante

Faleceu na manhã de ontem, no Hospital Naval Marcílio Dias, meu amigo e grande comediante Guilherme Karan, que estava com 58 anos, mas sofria de uma doença hereditária rara, degenerativa, chamada Machado-Joseph, que compromete a coordenação motora.

(Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)

Ele estava afastado da TV desde 2005, quando participou, já muito debilitado da novela "América" da amiga Glória Perez. Atuou também nas novelas "Tudo Ou Nada" e "Dona Beija", na extinta Manchete, e na Globo fez também "Meu Bem, Meu Mal", "Perigosas Peruas", "Explode Coração", e "O Clone".

Participou também do elenco fixo do humorístico "TV Pirata", que marcou época na Globo satirizando a própria TV. Neste programa ele fez personagens inesquecíveis como o apresentador da TV Macho, Zeca Bordoada, e o capanga Agronopoulos.

No cinema fez alguns filmes como "Super Xuxa Contra O Baixo Astral", "Xuxa E Os Duendes" e "Bela Donna".

Uma pena que a trajetória dele tenha sido curta demais para tanto talento.