26°
Máx
19°
Min

Empresário se torna réu em processo

Foto: Getty ImagesFoto: Getty Images 

Lírio Parisotto, ex-companheiro de Luiza Brunet, foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por ter agredido a ex-modelo e agora se tornou réu no processo, após o Tribunal de Justiça de São Paulo acatar o pedido do promotor Carlos Bruno Gaya da Costa, do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid) na última quinta-feira.

Segundo o promotor Gaya em entrevista ao “G1”, Parisotto foi acusado por duas agressões: "Ele foi acusado de ter fraturado quatro costelas dela, segundo laudo pericial, no apartamento dele em Nova York, e também de ter quebrado o dedo dela no final do ano passado".

Se condenado, o empresário pode cumprir pena de até cinco anos de reclusão, segundo o MP.

Bom final de semana e segunda eu volto com mais quentinhas para vocês... Beijos, beijos, beijos... Dignidade Já!!! Leão Lobo